Topo

Game of Thrones


Emilia Clarke defende Daenerys após final de "Game of Thrones": "Eu ainda a apoio"

Daenerys (Emilia Clarke) em cena da oitava temporada de "Game of Thrones" - Divulgação/HBO
Daenerys (Emilia Clarke) em cena da oitava temporada de "Game of Thrones" Imagem: Divulgação/HBO

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

20/05/2019 00h18

ATENÇÃO: Este texto contém spoilers de "Game of Thrones". Não leia se não quiser saber o que acontece.

Emilia Clarke não reagiu bem quando leu pela primeira vez a cena do episódio final de "Game of Thrones" em que Jon Snow (Kit Harington) mata sua personagem, Daenerys Targaryen. Em entrevista com o site da Entertainment Weekly, a atriz falou sobre o chocante destino da Mãe dos Dragões, que dividiu opiniões dos fãs.

"'O quê, o quê, o quê, O QUÊ?!", disparou Clarke ao reproduzir a sua primeira reação à cena da morte de Daenerys. "Porque aquele momento vem de lugar nenhum. Eu fiquei totalmente chocada. Eu não vi a morte dela chegando".

"Eu chorei. E daí eu fui dar uma caminhada. Eu saí de casa, levei minhas chaves e meu celular. Quando voltei, tinha bolhas nos meus pés. Eu andei por cinco horas. Eu fiquei pensando: 'Como eu vou interpretar isso?'", comentou ainda.

A atriz também contou como foi ver Harington lendo a cena pela primeira vez. O intérprete de Jon Snow famosamente não quis ler os roteiros da temporada final de "Game of Thrones" em casa, deixando para descobrir tudo na primeira leitura comunitária com o elenco.

Além da Muralha #6: O fim de "Game of Thrones" foi satisfatório?

UOL Entretenimento

"Eu sentei bem na frente dele na mesa, para ver como ele reagiria", disse Clarke. Quando a cena significativa finalmente chegou, Harington lhe lançou um olhar incrédulo. "Ele estava chorando. Foi ótimo que ele não leu o roteiro antes".

Advogada do diabo

Apesar de saber que os eventos da oitava temporada vão mudar a opinião de muitos fãs sobre Daenerys, Clarke defende a eterna Khaleesi. "Ela começa a temporada com a melhor das intenções. Ela espera mesmo que nada atrapalhe seus planos", disse a atriz.

"O problema é que os Stark não gostam dela, e ela pensa: 'Vou dar a eles uma chance'. Essa chance não funciona, e ela já foi longe demais para desistir de tudo. Eu não acho que ela percebe isso até o momento que acontece, como tudo o que aconteceu nesta temporada fez ela pensar: 'Eu não ligo mais para essa m***'", continuou.

"A busca pelo trono é toda a existência de Daenerys. Desde o nascimento! Ela literalmente chegou nesse mundo fugindo, porque esses filhos da p*** f*** tudo, e ela se tornou a única esperança da família. Ela assumiu tudo isso, toda essa injustiça para retificar. Ela viu muita coisa, passou por muita coisa, perdeu muita coisa", notou ainda.

"Você está me perguntando se eu, como Emilia, discordei dela em algum ponto? Foi difícil para c*** ler os roteiros. O que me ensinaram na escola de atuação é que o seu personagem sempre tem que estar certo para você. Se você está vivendo ele de verdade, vai ter que aceitar as decisões que ele toma. Não podemos ter medo de mostrar o nosso lado feio", disse a seguir.

"Depois de 10 anos trabalhando em 'Thrones', parece o final lógico dela. O que mais ela poderia fazer? Eu tentei pensar em outro final. Ela vai simplesmente desistir e dizer: 'Ok, vou fazer um chá e colocar uns biscoitos no forno?'. Isso nunca aconteceria, ela é uma Targaryen!", declarou ainda.

"Dito tudo isso, eu ainda a apoio. Eu não posso não a apoiar", completou.

Mais Game of Thrones