Topo

"Chicken Kennedys": Produtora vende camisetas com arte polêmica para cobrir reembolsos

Produtora vende camisetas provocando Dead Kennedys: "Chicken Kennedys" - Divulgação
Produtora vende camisetas provocando Dead Kennedys: "Chicken Kennedys" Imagem: Divulgação

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

03/05/2019 20h20

A produtora EV7 Live, que contratou o grupo Dead Kennedys para turnê no Brasil, anunciou hoje a venda de camisetas e pôsteres com intuito de cobrir o reembolso de fãs que adquiriram ingressos para os shows, que aconteceriam este mês e foram cancelados após repercussão da polêmica arte do alagoano Cristiano Suarez.

O detalhe: além de trazer a imagem da "família nazista de classe média", a peças provocam o grupo estampando a expressão "Chicken Kennedys" --algo como "Kennedys Covardes" em tradução livre-- no lugar do nome da banda.

Em comunicado, a empresa do produtor mineiro Eliel Vieira explica que o Dead Kennedys de fato aprovou a arte, mas, de uma hora para outra, os integrantes cancelou as apresentações unilateralmente e decidiram não devolver o valor referente à primeira parte do cachê, que já havia sido paga, prejudicando fãs que compraram ingressos e ficaram sem show.

Pôster original da turnê cancelada - Divulgação
Pôster original da turnê cancelada
Imagem: Divulgação

"Em sua própria nota de cancelamento (que eles apagaram, mas pode ser lida em qualquer lugar na internet), a banda disse que pretende doar parte do dinheiro dos fãs que compraram ingresso para 'instituições de caridade', Não informaram quais instituições nem qual valor. Todos sabem o nome disto", afirma a nota. O grupo não se pronunciou sobre o caso.

A EV7 também divulgou informações sobre o reembolso dos ingressos, que já podem ser feitos. No Rio, é preciso se dirigir à bilheteria do Circo Voador ou, no caso das compras online, aguardar o reembolso automático da empresa de venda de ingressos Tudus.

Para as datas de São Paulo, Belo Horizonte e Brasília, é preciso preencher um formulário e aguardar instruções.

Veja abaixo o comunicado na íntegra

Fomos bombardeados de e-mails e telefonemas desde a segunda feira da semana passada (22) por causa do famigerado poster que criamos para a turnê do Dead Kennedys no Brasil. Em respeito à banda, nos abstivemos de fazer qualquer comentário público sobre o assunto - até agora. Na última sexta-feira, sem nos comunicar previamente ou mostrar qualquer boa vontade de discutir a questão, a banda anunciou o cancelamento dos shows no Brasil.

Ao longo da última semana, enviamos vários e-mails à banda, seu empresário e seu agente de reservas. Chegamos a oferecê-los um generoso bônus para que reconsiderassem a possibilidade de vir e fazer os shows. Também oferecemos vários cenários amigáveis de cancelamento. Tudo o que queríamos era que a banda arcasse com os custos de reembolso daqueles que compraram ingresso antecipadamente. Todos os nossos e-mails foram negligenciados.

Diante da ausência de interesse da banda por um acordo amigável, não temos mais por que segurar nada. Vamos lá.

1) O conteúdo da arte foi aprovado por East Bay Ray diretamente ao desenhista, Cristiano Suarez. Em anexo o print do e-mail que poderíamos ter soltado semana passada, mas que seguramos na tentativa de contornar o problema.

2) O Instagram oficial do Dead Kennedys compartilhou o poster. Print também em anexo. Foi o compartilhamento pela página da banda que levou à viralização da imagem.

3) Horas depois que a imagem já era viral e trending topics no Twitter, a banda nos escreveu dizendo que a arte não havia sido aprovada para uso e que deveria ser retirada de toda a internet. Já era tarde, evidentemente.

4) Fizemos um acordo para continuar com os eventos, na quarta-feira dia 24, mas a banda rompeu este acordo de maneira unilateral. Anunciando o cancelamento dos shows.

5) A banda decidiu não devolver o dinheiro dos fãs. Em sua própria nota de cancelamento (que eles apagaram, mas pode ser lida em qualquer lugar na internet), a banda disse que pretende doar parte do dinheiro dos fãs que compraram ingresso para "instituições de caridade". Não informaram quais instituições nem qual valor. Todos sabem o nome disto.

6) Nós da EV7 Live vamos arcar com o custo astronômico de reembolso de todos os ingressos. Para tanto, estamos abrindo venda de camiseta e pôsteres especiais com a famigerada arte no intuito de levantar recursos para cobrir o reembolso da galera. Não usaremos nome ou marca da banda no pôster. SITE para aquisição de camiseta e poster: https://ev7live.lojaintegrada.com.br/

7) Para aqueles que, como a gente, ficaram bastante decepcionados com tudo o que aconteceu de uma semana para cá, estamos com uma versão da camiseta chamada "CHICKEN KENNEDYS". Atenção: "Chicken Kennedys" não possui relação alguma com nenhuma banda que você conhece, e não infringe nenhum direito autoral ou propriedade intelectual. Se você está fazendo associação com alguma banda, isto é coisa da sua cabeça.

8) As vendas serão feitas pelo exclusivamente site https://ev7live.lojaintegrada.com.br e o frete já está incluso no preço dos produtos. As tiragens são limitadas e todos os recursos advindos da arte serão usados para cobrir o rombo causado pela inconsequente decisão da banda. Também está incluso no preço os devidos royalties ao autor da camiseta.

9) Comprando camiseta e poster no site abaixo vocês terão certeza de que estarão adquirindo um produto com máxima qualidade de impressão. É possível encontrar a arte em outros locais, mas eles estão usando imagens em baixa resolução. Além disso, comprando no site abaixo, vocês estarão ajudando uma produtora que foi lesada financeira e moralmente por pessoas mal organizadas, além de remunerar de maneira justa o ilustrador.

10) Sobre os reembolsos:

Rio. Quem comprou presencialmente pode dirigir-se à bilheteria do Circo Voador. Quem comprou on-line basta aguardar o reembolso automático pela Tudus.

São Paulo, Belo Horizonte e Brasília: Seja presencial ou online, os compradores devem preencher este formulário e aguardar instruções: https://ticketbrasil.com.br/cancelamento-da-compra/evento-cancelado.

SIite para aquisição de camiseta e poster: https://ev7live.lojaintegrada.com.br/

Entenda o caso

Na semana passada, o Dead Kennedys anunciou sua turnê no Brasil utilizando um pôster que traz a imagem de uma família brasileira de mote nazista, empunhando armas e usando a camisa da seleção brasileira e maquiagem de palhaço, no que seria uma alusão ao apelido pejorativo "Bozo" dado por opositores do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Em entrevista ao UOL, o ilustrador contratado pela produtora EV7 Live para criar a arte, o alagoano Cristiano Suarez, afirmou que o pôster faz uma crítica à "classe média armamentista", "que acredita que o exército é solução para a segurança pública", não exatamente à figura de Jair Bolsonaro ou ao seu governo.

O ilustrador Cristiano Suarez, que criou o pôster - Reprodução/Instagram
O ilustrador Cristiano Suarez, que criou o pôster
Imagem: Reprodução/Instagram

Por causa da crítica política, Suarez começou a receber centenas de mensagens em apoio e também em tom de ameaça.

No mesmo dia, o Dead Kennedys chegou a publicar a imagem em suas redes sociais, mas, horas mais tarde, emitiu um comunicado afirmando que a ilustração não tinha autorização nem refletia a posição política dos integrantes. O comunicado foi deletado no Facebook cerca de 50 minutos depois.

"Eles ficaram assustados com a repercussão. Todo o material precisa de aprovação prévia", disse ao UOL o ilustrador.

Após a controvérsia, em apoio a Suarez, bandas brasileiras de punk e hardcore começaram a reproduzir o pôster em suas rede sociais acrescentando na imagem o nome de cada uma delas. Entre elas, o Ratos de Porão, do vocalista e apresentador João Gordo.

Mais Rock