Topo

Vingadores


Imprensa rasga elogios a "Vingadores: Ultimato" em 1ª exibição: "Surpreendente"

Rich Polk/Getty Images
Elenco de Vingadores: Ultimato se reúne em evento do filme, em Los Angeles Imagem: Rich Polk/Getty Images

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

2019-04-23T07:39:34

23/04/2019 07h39

A imprensa norte-americana teve a chance de ver pela primeira vez ontem o aguardado "Vingadores: Ultimato", que estreia no Brasil nesta quinta-feira. As primeiras reações foram de elogios, principalmente ao tom épico e à trama emotiva dirigida pelos irmãos Anthony e Joe Russo, que põe fim à série de quatro filmes do coletivo de super-heróis, em sua jornada decisiva contra Thanos.

As sessões aconteceram em Los Angeles, em um centro de convenções, e os jornalistas e críticos puderam expor algumas opiniões sem spoilers nas redes sociais.

O "aviso" principal foi na linha de que é melhor levar uma caixa de lenços ao cinema.

Há ainda algumas revelações pequenas, mas saborosas: um dos críticos diz que após ver o filme gostaria de "ser filho de Tony Stark". Um jornalista confirmou que 90% das imagens dos trailers dizem respeito apenas aos primeiros 15 minutos do longa - deixando muitas surpresas para os fãs assistirem. Um terceiro alertou para que não se espere um "Guerra Infinita parte 2".

Para Brandon Davis, do site Comic Book, "'Ultimato' é surpreendente, um filme fantástico. Eu nunca vi nada como isso. Esse filme é tudo que eu queria que fosse e muito mais. Fantástico."

Ele ainda acrescentou: "Enquanto assistia ao filme, eu ri muito alto, bati palmas com muita força e chorei demais. O filme excede toda a expectativa e é a culminação perfeita para todo o universo cinematográfico da Marvel".

O editor-chefe do Rotten Tomatoes Joel Meares foi direto: "Os fãs vão ficar malucos."

Editor do Fandango, Erik Davis tuitou: "O filme é a culminação de uma série de 22 filmes que não apenas conclui a história, mas a expande para além disso."

Ele ainda acrescentou: "Você descobre mais sobre os filmes enquanto ['Ultimato'] se desenrola. Se 'Guerra Infinita' foi músculo, 'Ultimato' é cérebro. Uau, que encerramento!".

Peter Sciretta , do Slash Film, também destacou o choro. "Imagine a melhor versão para 'Ultimato' e ainda assim passa das expectativas. Chorei cinco ou seis vezes. É o filme mais emocional e épico. Um tributo a dez anos deste universo e um grande 'fan service'. Muito bom"

Menos "elegante", Kristian Harloff, do Movie Trivia Schmoedown, admitiu: "'Ultimato' chutou minha bunda. Foi uma conclusão épica. Teve risos, ação incrível e uma montanha-russa emocional. É o fim de série para esse elenco de personagens, do jeito que eu esperava. Parabéns a todos".

Anthony Breznican, da "Entertainment Weekly", filosofou: "O filme me deixou com o coração cheio, mas um coração com algumas cicatrizes. Mas, ao fim, estes são os mais fortes."

Sean Gerber foi além nos elogios. "'Ultimato' é a obra-prima que merece ser. É extraordinário. É a conclusão merecida para a maior saga do cinema de todos os tempos. Estou emocionalmente exausto", disse o integrante do site Superhero News.

Já Beatrice Verhoeven, do site The Wrap, citou as teorias. "Vocês não estão prontos para essa m... Todas as teorias não te prepararam para isso. Eu chorei muito."

Um comentário curioso veio de Dave Itzkoff, do "The New York Times": "Eu não estava preparado para a gama de emoções que 'Ultimato' me faria ter, do profundo desespero à pura euforia. Eu ri, chorei e quis que Tony Stark fosse meu pai".

Qual é o melhor filme do Universo Cinematográfico da Marvel?

Resultado parcial

Total de 14302 votos
6,52%
Divulgação
0,55%
Reprodução
0,26%
Divulgação
0,33%
Divulgação
2,04%
Divulgação
5,96%
Divulgação
0,78%
Divulgação
0,22%
Divulgação
9,78%
Divulgação
4,08%
Divulgação
0,92%
Divulgação
0,35%
Divulgação
11,35%
Divulgação
2,92%
Divulgação/Marvel
1,08%
Reprodução
0,53%
Reprodução
4,35%
Reprodução
7,98%
Divulgação
36,88%
Divulgação
0,41%
Marvel Studios
2,72%
Reprodução
Total de 14302 votos

Valide seu voto

Veja um dos trailers de "Ultimato"

UOL Entretenimento

Mais Vingadores