Topo

Terror

Tudo o que você precisa saber sobre filmes, séries e livros de horror


"A Maldição da Chorona", o capítulo secreto da franquia "Invocação do Mal"

Cena de "A Maldição da Chorona" - Divulgação/IMDb
Cena de "A Maldição da Chorona" Imagem: Divulgação/IMDb

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

19/04/2019 04h00

Os pôsteres de "A Maldição da Chorona", terror que estreou ontem nos cinemas brasileiros, ostentam as palavras "dos produtores de 'Invocação do Mal'". No cenário atual do gênero, é um selo de qualidade invejável: "Invocação" é a franquia de terror mais lucrativa de todos os tempos, com US$ 1,56 bilhão de bilheteria arrecadados entre os cinco filmes lançados até agora.

O que o material promocional de "A Maldição da Chorona" deixa de fora, no entanto, é que o filme não divide só o time de produtores comandado por James Wan com "Invocação do Mal". Ele é parte integrante da franquia, se passando no mesmo universo que os filmes originais e seus derivados, como "A Freira" e "Annabelle".

Em "A Maldição da Chorona", Linda Cardellini interpreta Anne Tate-Garcia, assistente social que descobre que uma mulher chamada Patricia Alvarez (Patricia Velazquez) trancou seus filhos em um armário para impedir que eles fossem atacados pela assombração do título, popular no folclore da América Latina. Quando Patricia é presa e seus filhos são levados para o hospital, seus piores medos se confirmam e a Chorona faz com que eles desapareçam.

É quando o terrível monstro se volta para os filhos da própria Anne, os adoráveis Chris (Roman Christou) e Samantha (Jaynee-Lynne Kinchen). Desesperada, a assistente social pede ajuda ao padre de sua paróquia, que é um velho conhecido dos fãs de "Invocação do Mal".

Tony Amendola e Linda Cardellini em cena de "A Maldição da Chorona" - Divulgação/IMDb
Tony Amendola e Linda Cardellini em cena de "A Maldição da Chorona"
Imagem: Divulgação/IMDb

O sábio Padre Perez

Em "A Maldição da Chorona", o veterano ator Tony Amendola reprisa o papel do Padre Perez, que interpretou em "Annabelle" (2014). Assim como o primeiro filme da boneca amaldiçoada, a nova adição à franquia "Invocação do Mal" se passa nos anos 1970, e coloca Perez na posição de ajudar uma família desesperada.

Em "Annabelle", o sacerdote foi procurado pelos protagonistas Mia (Annebelle Wallis) e John (Ward Horton) quando ficou claro que algo de muito sinistro estava acontecendo com a boneca do título. Ele tenta levar Annabelle para a sua igreja, a fim de neutralizar o espírito maligno dentro dela, mas os poderes da boneca o jogam para longe, ferindo-o.

Quando Perez encontra Anne Tate-Garcia e seus filhos, anos depois, trata de assegurá-la que as histórias folclóricas sobre a Chorona são muito mais do que ficção. O padre até mesmo relembra "um caso muito estranho envolvendo uma boneca assombrada", e vemos uma rápida imagem de Annabelle na tela.

O papel do personagem é limitado em "A Maldição da Chorona", no entanto, já que ele serve apenas como ponte entre a família e o homem que vai realmente poder ajudá-los: o curandeiro Rafael Olvera (Raymond Cruz). Para saber o resto, só assistindo.

Quer mais "Invocação"?

Com todo o seu sucesso, a franquia "Invocação do Mal" não vai dar folga nos próximos meses (ou anos!). Além de "A Maldição da Chorona", poderemos conferir "Annabelle 3: De Volta Para Casa" ainda em 2019, mais especificamente em 27 de junho. Como o trailer do filme revela, desta vez a boneca vai aterrorizar a filha do casal Warren, após os dois a aprisionarem em sua "sala de artefatos".

Enquanto isso, o diretor de "Chorona", Michael Chaves, terá a responsabilidade de comandar o próximo filme da saga. "Invocação do Mal 3" ainda não tem data de estreia, e pouco sabemos de sua trama, mas este será o primeiro filme da franquia principal sem James Wan na direção -- o que mostra que o cineasta confia bastante em Chaves.

Por fim, pode ir se preparando para "A Freira 2". O filme de 2018 contando a origem da vilã de "Invocação do Mal 2" se tornou o mais lucrativo de toda a saga, com mais de US$ 365 milhões arrecadados ao redor do mundo, de forma que a roteirista Akela Cooper ("Luke Cage") já está trabalhando no roteiro de uma sequência. A data de estreia ainda não foi definida.

Mais Terror