Topo

Filmes e séries


A internet quer saber o que é o "Bacurau" que estará no Festival de Cannes

A ave Bacurau-Chintã  - Flavio Moraes/Instagram/@flaviomoraesfoto
A ave Bacurau-Chintã Imagem: Flavio Moraes/Instagram/@flaviomoraesfoto

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

18/04/2019 13h53

Bastante conhecida no cerrado brasileiro, a ave bacurau serviu de inspiração para batizar o novo filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. O filme está concorrendo à Palma de Ouro no Festival de Cannes, que ocorrerá entre 14 e 25 de maio.

O nome curioso do filme, no entanto, está intrigando as pessoas, que não sabem o seu significado. Teve gente perguntando se "Bacurau" é o nome condomínio "Aquarius", em referência a outro filme de Kleber Mendonça Filho. Outras pessoas preferiram fazer uma enquete: um passarinho, um ônibus noturno ou um doce de milho?

Veja algumas reações

Mas, o que é bacurau?

Bacurau é uma ave noturna, também é conhecida como curiango, ju-jau, amanhã-eu-vou, mede-léguas e acuranã. Ela pode ser encontrada do sul do México até o norte da Argentina. Ela é facilmente encontrada no chão, onde usa as folhagens para se camuflar. No Nordeste, o nome da ave também é usado para nomear as linhas de ônibus noturnas e gíria para pessoas que têm hábitos de sair a noite.

O título do filme em homenagem ao pássaro, parece bastante adequado para a história, já que ela é ambientada no Sertão do Seridó, na divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba. Kleber Mendonça e Juliano Dornelles explicam que o filme é uma espécie de western brasileiro, que mistura aventura e ficção científica.

No enredo, o povoado de Bacurau perde sua matriarca, Dona Carmelita (interpretada por Lia de Itamaracá), que morreu aos 94 anos. Dias depois, os moradores da comunidade percebem que ela não consta mais do mapa e desapareceu.

De volta ao pássaro, há uma lenda indígena que diz que o bacurau é capaz também de curar dor de dentes e quando uma criança indígena perde o seu dente-de-leite, ela deve jogá-lo no telhado da oca e pedir para a ave trazer um dente bonito.

Cena do filme "Bacurau", de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles - Divulgação
Cena do filme "Bacurau", de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles
Imagem: Divulgação

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do publicado anteriormente, a Paraíba faz divisa com o Rio Grande do Norte e não com o Rio Grande do Sul. A informação foi corrigida.