Topo

Lenny Kravitz no Lollapalooza: Um show de poucas palavras e muitos hits

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

2019-04-06T19:32:36

06/04/2019 19h32

Lenny Kravitz não emplaca uma música na principal parada de sucessos há mais de dez anos, tempo em que o rock perdeu espaço para o pop e o hip-hop. Mas ele não perdeu apelo para o grande público, ao menos para o que o assistiu no início da noite de hoje no Lollapalooza Brasil 2019, que acontece até domingo no Autódromo de Interlagos em São Paulo.

Lenny fez um show barulhento e empolgante, provando que quem foi hitmaker na vida nunca perde a majestade --principalmente se você estiver em um grande festival na era da nostalgia.

"Obrigado por terem ficado na chuva o dia inteiro. Eu realmente tenho que agradecer vocês por isso", afirmou o cantor, em um de seus poucos recados à plateia.

Garoa

Após o vendaval que provocou a evacuação do Lollapalooza e ameaçou a continuidade do festival, a chuva caiu apenas discreta no show de Lenny Kravitz, como se quisesse refrescar os ânimos de quem passara aperto pouco antes. A água, na verdade, prejudicou mais o cantor que os fãs. Ele teve de paralisar momentaneamente o show para sua equipe enxugar o chão usando rodos, ao estilo dos intervalo de partidas de vôlei. Às vezes a chuva caia "de lado". Lenny só riu.

Vocal e performance

Quem é Lenny Kravitz na fila dos rockstars? Ele pode não estar nas primeiras posições no ranking geral, mas no quesito performance, ele está muito na bem na fita. Guitarra afiada, vocal perfeito como nos discos, assim como a performance dele e da banda, afiadíssima. É como se o tempo tivesse passado em câmera lenta desde 1989, quando ele estreou com álbum "Let Love Rule". Kravitz defende um rock vintage da melhor qualidade. "Não consigo me mexer muito aqui", brincou.

Público canta "Fly Away" com Lenny Kravitz

UOL Entretenimento

Hits hits e hits

"Fly Away", que abriu a apresentação em êxtase e gritos, "American Woman", esta emendada com a cover de "Get up, Stand Up, de Bob Marley. Também tivemos "Always on the Run", "Again", "It Ain't Over 'til it's Over". Funk, rock, raggae. Lenny Kravitz sabe fazer um show bastante eclético e assobiável, praticamente do início ao fim --pelo menos para quem permaneceu no planeta Terra entre os anos 1990 e 2000.

Problema no telão e atraso

Nem tudo eram flores psicodélicas. Durante a primeira parte do show, o telão direito do palco começou a falhar, exibindo uma imagem cheia de interferência na parte inferior, uma possível consequência do temporal que caiu na região do autódromo de Interlagos. Mas ninguém se importou. Os olhos estavam todos em cima do sex symbol Lenny (e do outro telão). Ainda assim, o problema reapareceu em outros momentos. O músico foi pra galera na última música, "Let Love Rule", mas o show atrasou alguns minutos para terminar. Por causa disso a explosão de fogos que rolava no palco Perry acabou invadindo a apresentação sem pedir licença.