Topo

Chuva faz público do Lollapalooza ser evacuado em Interlagos

Felipe Branco Cruz, Leonardo Rodrigues e Rodolfo Vicentini

06/04/2019 15h31

Depois que o vento forte e a ameaça de raios interromperam os shows da tarde de hoje no Lollapalooza Brasil 2019, o público foi evacuado do autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo. Após algum tempo com todas atividades do evento interrompidas, a organização do evento decidiu por instruir os fãs a se afastarem do local. Muitos permaneceram abrigados nas estruturas do local na esperança de que as atrações sejam retomadas.

"Procurem saídas de emergência e sigam as orientações dos bombeiros e dos seguranças", anunciaram os sistemas de som do festival. Do lado de fora, os portões foram fechados e o público que estava chegando ao local foi impedido de entrar.

Fernando Alterio, presidente da T4F, disse em entrevista ao Multishow que a produtora foi avisada que haveria um grande número de descargas elétricas na região. "Nossa direção é sempre a segurança e entendemos que devíamos afastar o público das estruturas metálicas e fechar os portões para não aumentar o problema", disse ele, que ainda explicou que 28 mil pessoas já estavam no festival no momento da interrupção.

Ainda segundo o executivo, há a esperança de que em cerca de uma hora o festival possa ser retomado.

A assessoria de imprensa do festival afirmou que "a evacuação foi voluntária, por meio de recomendação". No Twitter, a organização afirma que as pessoas com pulseiras poderão "voltar normalmente assim que a situação se normalizar".

Público começa a deixar autódromo após anúncio de evacuação

UOL Entretenimento

Público

Nathalia Girardi, 23, ficou inconformada com a situação. A paulistana chegou às 9h da manhã na fila do Lolla para pegar grade para ver o show do Kings of Leon, headliner de hoje. Situação pior é a dos seus amigos Flavio Rocha, 35, e Ricardo Caramigi, 33, que saíram de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, para acompanhar o festival.

Rashid se apresentava quando o alerta de tempestade e raios paralisou o Lolla - Mariana Pekin/UOL
Rashid se apresentava quando o alerta de tempestade e raios paralisou o Lolla
Imagem: Mariana Pekin/UOL

O grupo e dezenas que acompanhavam a apresentação de Rashid na grade do Palco Budweiser deixaram a mochila para guardar lugar e migraram para a grama, conforme instrução da organização. "Moço, não quero perder meu lugar, mas pode perguntar o que quiser", disse Nathália para a reportagem, enquanto ficava de olho e em posição de largada caso a organização liberasse o retorno dos shows.

"Não entendemos por que mandaram a gente sair da frente (do palco), não ouvimos nenhum raio nem nada. Só teve vento, mas nem tão forte assim", completou Flavio, ainda buscando esclarecimentos.

Público aguarda instruções após alertas de mau tempo no Lollapalooza - Felipe Branco Cruz/UOL
Público aguarda instruções após alertas de mau tempo no Lollapalooza
Imagem: Felipe Branco Cruz/UOL

O contador Caio Costa, 22. "Estavamos na grade, isso é um absurdo. Pagamos 500 reais e agora corremos o risco de na ver nada. Viemos pra ver Bring me the Horizon."

"Estou temendo. Eles deviam estar preparados para essa questão do tempo. Agora não temos informações e não temos ideia do que vai acontecer", diz a designer Isadora Secol, 23, que veio com o amigo Caio e também estava na grade.