Topo

Música


Atração do Lolla, Tribalistas é a MPB que passa "do vovô ao netinho"

Tribalistas: Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes - Divulgação/Leo Aversa
Tribalistas: Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes Imagem: Divulgação/Leo Aversa

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

01/04/2019 04h00

Maior atração nacional do Lollapalooza Brasil, os Tribalistas se apresentam no festival no dia 5 de abril para um público majoritariamente jovem. Não que isso seja problema para Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes, já que o som do grupo dialoga com diversas gerações.

"Eu acho que a gente sempre foi do vovô ao netinho", analisa Marisa Monte em entrevista, por telefone, ao UOL. "Isso é uma característica desde o nosso primeiro álbum. A gente nunca teve uma linguagem restrita a um nicho demográfico, cronológico de uma faixa etária ou de uma geração".

O sucesso do trio veio por acaso, segundo os integrantes, e as mensagens passadas nos dois álbuns de estúdio lançados " não são de ninguém, mas de todo mundo" como prega a música "Já Sei Namorar".

"Acho que o discurso que estamos dizendo ali pode ser dito por qualquer pessoa em qualquer geração porque temos nossa 'velha infância'", completa Marisa, fazendo uma brincadeira com outro hit do trio.

Arnaldo lembra que a molecada que curte o som do grupo hoje também foi influenciado pelos pais, que começaram a ouvir os Tribalistas em 2003, quando o disco de estreia foi lançado.

"Muita gente que era mais jovem e que gostou do primeiro disco já tem filhos e mostra as músicas para eles, porque foi um intervalo grande de um projeto para o outro", opina Arnaldo.

MPB para 90 mil pessoas

A escalação dos Tribalistas no Lolla pegou muita gente de surpresa. Mas a verdade é que a o maior grupo de MPB do Brasil está acostumado com plateias grandes. Em março, o trio lançou o primeiro registro ao vivo, gravado em show com 45 mil pessoas no Allianz Parque, em São Paulo

A ideia é que a apresentação no Lolla seja tão grandiosa quanto a que foi vista na última passagem do grupo na cidade, com telões especiais, luzes contracenando com os protagonistas e muitos hits.

Capa de "Tribalistas - Ao Vivo" - Divulgação
Capa de "Tribalistas - Ao Vivo"
Imagem: Divulgação

"A gente prepara o show, mas ele só acontece quando o público chega. O show não é só música, também tem a parte visual para potencializar o áudio. [Na turnê passada] A gente preparou apresentações para plateias grandes", conta Marisa.

Com um tempo mais enxuto do que em um show solo, os Tribalistas devem relembrar no festival os principais hits e, caso sobre uma folguinha, uma ou outra canção solo como "Amor I Love You", que costuma entrar nas apresentações do trio.

Os Tribalistas tocam no primeiro dia do Lolla na sexta-feira, às 18h05 no Palco Budweiser.

O Lolla acontece entre os dias 5 e 7 de abril no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Os ingressos para ver artistas como Kings of Leon, Arctic Monkeys, Post Malone e Kendrick Lamar variam de R$ 400 a R$ 1800.

Serviço:

Lollapalooza Brasil

Quando: dias 5,6 e 7 de abril

Onde: Autódromo de Interlagos (Av. Sen. Teotônio Vilela, 261 - Interlagos, São Paulo - SP, 04801-010)

Atrações: Arctic Monkeys, Sam Smith, Tribalistas, Kings of Leon, Post Malone, Lenny Kravitz, Greta Van Fleet, Kendrick Lamar, Twenty One Pilots e muito mais

Ingressos: de R$ 400 a R$ 1800.

Mais informações: https://www.lollapaloozabr.com/

Música