PUBLICIDADE
Topo

Pendurando o capuz: Ben Affleck confirma que não é mais Batman em programa

Ben Affleck como Batman, em cena do filme "Batman vs Superman: A Origem da Justiça" - Reprodução
Ben Affleck como Batman, em cena do filme "Batman vs Superman: A Origem da Justiça" Imagem: Reprodução

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

15/02/2019 09h06

Ben Affleck finalmente confirmou, com todas as palavras, que não será mais o intérprete do Batman nos cinemas. Quando a notícia inicialmente vazou em diversos sites de entretenimento, em janeiro, o ator havia feito mistério no Twitter.

Quem você gostaria de ver como Batman nos cinemas? Vote na enquete do UOL

Comparecendo ao programa "Jimmy Kimmel Live", no entanto, ele foi mais claro sobre o assunto: "Sim, eu saí [do filme]. Eu tentei dirigir uma versão dele, trabalhei com um ótimo roteirista, mas não consegui chegar a algo interessante. Então, achei melhor entregar o filme [e o papel] para outra pessoa".

Affleck ainda se mostrou otimista com o rumo do personagem. Ele elogiou o diretor e roteirista Matt Reeves ("Planeta dos Macacos: A Guerra"), que vai assinar "The Batman", previsto para lançamento em 2021.

Para marcar a ocasião da "aposentadoria" de Affleck como Batman, o apresentador Jimmy Kimmel chamou o seu ajudante de palco, Guillermo, para realizar uma cerimônia oficial onde o ator pode "pendurar o capuz"-- literalmente.

Guillermo entrou vestido de Robin, segurando o que Kimmel disse ser o capuz e capa usado por Affleck nos filmes "Batman vs. Superman: A Origem da Justiça", "Esquadrão Suicida" e "Liga da Justiça".

Atrás da capa do Batman, no entanto, era possível ver o número 12, mesmo da camisa vitoriosa de Tom Brady no time de futebol americano New England Patriots. Affleck brincou: "O número sempre esteve ali, e a Warner removeu digitalmente".