Topo

Filmes e séries


Após fala racista, Liam Neeson tem uma das piores estreias da carreira

Divulgação
Liam Neeson em cena de "Vingança a Sangue Frio" Imagem: Divulgação

Lello Lopes

Do UOL, em São Paulo

10/02/2019 14h27

A declaração de Liam Neeson de que "gostaria de matar um homem negro" após uma amiga ter sido estuprada já surtindo efeitos negativos na carreira do ator. O seu novo filme, "Vingança a Sangue Frio", registrou a pior estreia do astro em um grande lançamento desde 2010.

Segundo o "The Wrap", o filme arrecadou nos EUA US$ 10,8 milhões. O número só supera na década em filmes com grande lançamento os US$ 6,5 milhões de "72 Horas", que Neeson estrelou ao lado de Russell Crowe.

A declaração do ator de 66 anos que movimentou Hollywood aconteceu durante uma entrevistas na segunda-feira (4) para promover "Vingança a Sangue Frio", seu novo épico de ação em que interpreta um homem buscando vingança pela morte de seu filho.

 O líder de bilheteria no final de semana nos EUA foi "Uma Aventura Lego 2", que arrecadou US$ 34,4 milhões. O valor foi bem abaixo do esperado, que era em torno de US$ 55 milhões.