Topo

Quem é o baterista prodígio de 4 anos que parou a maior feira de música do mundo

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

2019-01-29T11:30:14

29/01/2019 11h30

Há crianças de quatro anos que ainda sequer falam bem e há pequenos prodígios como o norte-americano Justin Wilson 2º, capaz de fazer a maior feira de música do mundo parar tocando bateria. O garotinho detonou tão forte durante a NAMM, que até o baixista que o acompanhava fez uma pausa para ver.

Justin já dá o que falar desde que tinha só um ano e começou a tocar bateria. Sua mãe é cantora e seu pai toca piano. Ainda que nenhum tivesse habilidade com baquetas, chegou o garotinho, agora apelidado de Bay Boy Drummer, para acompanhar a veia musical da família.

Justin mostra seu talento com apenas 1 ano

UOL Entretenimento

Um vídeo de Justin na NAMM o mostra tocando a princípio com um baixista e depois ficando livre para improvisar nas peles e pratos. E que groove. A publicação no Facebook passava de 2,5 milhões de visualizações nesta terça-feira.

O pequeno baterista tem página nas principais redes sociais, posta vídeos periodicamente tocando e já tem até um álbum no Spotify: "LJ's World". O mundo do LJ tem músicas voltadas para o público infantil, com títulos como "I Want Milk" (Eu Quero Leite) e "ABC Jam" (a jam do ABC).

O pai conta que a descoberta do talento do filho foi por acaso. "Eu não toco bateria, nem minha mulher, então foi ainda mais especial ver que era algo que vinha de dentro dele", afirmou Justin Wilson, ao site Today. 

"Quando ele pegou as baquetas, ficou claro que ele tinha um dom. Eu sou músico, então fiquei 'uau, ele está fazendo algo bem complicado'", completou Wilson.

Além de fazer sucesso feliz, vale destacar o dia em que ele formou a cozinha mais fofa de que se tem notícia, quando fez uma parceria virtual com um prodígio do baixo Aron Hodek, de seis anos.

Mais Rock