PUBLICIDADE
Topo

Rapper BlocBoy JB é mais um a processar o game "Fortnite" por "roubar" dança

O rapper americano BlocBoy JB  - Tara Ziemba/Getty Images
O rapper americano BlocBoy JB Imagem: Tara Ziemba/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

23/01/2019 18h06

Seguindo o exemplo de nomes como Alfonso Ribeiro, o Carlton da série "Um Maluco do Pedaço", o rapper americano BlocBoy JB está processando a Epic Games, desenvolvedora de "Fortnite", por uso indevido de uma dança popularizada por ele e reproduzida no game.

Segundo documentos obtidos pelo site TMZ, BlocBoy afirma que, apesar de ainda não ter concluído os processo de registro dos movimentos, o game "Fornite" "roubou" a dança "Shoot" e a incluiu sem sua autorização.

Desde o ano passado, várias celebridades vêm acionando a Justiça contra o jogo, incluindo o rapper 2Milly e a mãe do garoto Russell Horning, o Backpack Kid, que criou a dança viral "Floss". Eles reivindicam direitos autorais e pedem reparação financeira por se consideraram criadores dos passos.

Febre no mundo, "Fortnite" é um jogo gratuito que se tornou famoso pelo modo Battle Royale, em que cem jogadores se enfrentam utilizando armas até restar apenas um sobrevivente. Uma das atrações do game são as danças e coreografias, inspiradas em celebridades.

Procurada, a Epic Games vem afirmando que não irá se pronunciar publicamente sobre os casos.