PUBLICIDADE
Topo

Chefe da animação da Paramount diz que sua equipe não trabalhará com Lasseter

John Lasseter - Reprodução/Pixar
John Lasseter Imagem: Reprodução/Pixar

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

15/01/2019 09h50

A chefe da Paramount Animation, Mirielle Sorie, disse que sua equipe não trabalhará com a Skydance Animation. Na semana passada, a Skydance contratou John Lasseter, ex-chefe criativo na Disney e Pixar, que deixou essas empresas após acusações de assédio sexual. As informações são da revista "THR".

Mirielle afirmou que abriu um fórum para os funcionários expressarem suas dúvidas e preocupações a respeito de John Lasseter e prometeu que manterá um ambiente de trabalho seguro na Paramount Animation. Ela disse ainda que na empresa ninguém se sentirá desconfortável e se Lasseter solicitar qualquer informação de seus funcionários, eles não devem se sentir obrigados a atendê-lo.

A Skydance tem um acordo de marketing e distribuição com a Paramount e formou uma nova unidade de animação em 2017. A primeira animação da Skydance será "Luke", uma comédia sobre a milenar batalha entre a sorte e o azar que regem secretamente nossas vidas.

Lasseter é um dos fundadores da Pixar, que começou como braço da Lucasfilm. Ao lado de Ed Catmull, ele revolucionou a história da animação no cinema, iniciando um novo paradigma com a popularização da técnica 3D.

Em 2006, após a Disney comprar a Pixar, Lasseter foi promovido a diretor criativo da Pixar e da Walt Disney Animation Studios. Ele participou e todas as animações da Disney desde então, supervisionando filmes de sucesso como "Frozen" e "Moana".

Diretor de "Toy Story" e "Toy Story 2", John Lasseter ajudou a Pixar a vencer oito vezes o Oscar de melhor animação, obtendo outras três estatuetas com filmes da Disney e ajudando os estúdios a faturar alto em bilheteria.