PUBLICIDADE
Topo

Série de "Batwoman" será "mais sombria" do que outros títulos da DC

Ruby Rose surge  como Batwoman em foto divulgada pelo canal CW - Divulgação
Ruby Rose surge como Batwoman em foto divulgada pelo canal CW Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

12/12/2018 13h07

Após sua introdução no crossover de "Arrow", "The Flash" e "Supergirl", que foi ao ar entre o domingo (9) e a terça (11) nos EUA, a heroína Batwoman (Ruby Rose) está prestes a ganhar sua própria série na emissora CW.

A roteirista Caroline Dries ajudou a escrever as cenas em que Batwoman aparece nos episódios de "Elseworlds", e foi contratada para tocar a série solo da personagem. Ela explicou para o "The Hollywood Reporter" como será a produção.

"Para mim, foi como se tivéssemos feito tudo de trás para frente. Nós ainda não temos o roteiro [da série de 'Batwoman'], mas já tivemos que escalar uma atriz e desenhar um traje. Foi divertido, mas muito surreal", comentou.

"Nossa série será um pouco mais sombria. Quando os heróis foram para Gotham [em 'Elseworlds'], queríamos criar uma cidade desconfortável, com a música e os exteriores, os becos e a sujeira. Eu acho que, por eles terem sido assaltados já quando chegaram em Gotham, é uma ótima introdução ao cenário", brincou.

"Ao mesmo tempo, nós queríamos criar uma Gotham diferente das outras que já foram vistas no cinema e na TV. Nos inspiramos muito em Chicago. É difícil criar uma versão nova de Gotham, porque ela já foi feita de muitos jeitos diferentes, mas não queríamos uma metrópole moderna, como Vancouver [onde as outras séries da DC são filmadas]", comentou ainda.

Outra questão importante é a do residente mais famoso de Gotham City: o Batman, que é primo de Kate Kane, identidade secreta da Batwoman.

"A Warner nos deixou fazer referência a ele, mas ele não poderia aparecer. Quem sabe na série solo, em um holograma ou algo assim. Nós continuaremos pressionando", garantiu Dries.