PUBLICIDADE
Topo

"Você faz parte de uma ilusão", diz músico acusado de forjar popularidade

Jered Threatin, da banda Threatin - Reprodução
Jered Threatin, da banda Threatin Imagem: Reprodução

Lello Lopes e Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

15/11/2018 15h45

O músico Jered Threatin, que foi acusado de forjar a popularidade de sua banda, a Threatin, para fazer uma turnê pela Europa, usou o Twitter nesta quarta-feira (14) para se pronunciar pela primeira vez sobre o caso. Mas, assim como quase tudo o que envolve a banda de hard rock e metal, a declaração mais confundiu do que esclareceu.

"O que é uma notícia falsa? Eu transformei uma sala vazia em uma manchete internacional. Se você está lendo isso, você faz parte da ilusão", escreveu o músico para os seus quase 5 mil seguidores no Twitter.

O Threatin ganhou espaço no noticiário estrangeiro desta semana com sua "fake band". Com número de curtidas aparentemente inflado em vídeos de clipes no YouTube, uma gravadora que não existe e comentários elogiosos em site de música falso, a banda conseguiu convencer alguns promotores a arranjar uma turnê pela Europa. O problema é que ninguém apareceu nos shows.

Segundo o jornal britânico "The Guardian", o Threatin parecia uma banda legítima, e dizia que havia feito uma turnê de sucesso nos Estados Unidos. Mas como provas disso só havia a palavra de Jered e seus vídeos.  O fato é que a turnê europeia foi marcada, ganhou um vídeo promocional bastante tosco --e com imagens de público de grandes festivais, claramente não relacionadas a shows do grupo-- e a promessa era de encher as casas na Europa.

LEIA TAMBÉM

Segundo os promotores, Jered chegava a dizer que tinha vendido entre 150 e 200 ingressos para os shows. Enquanto isso, as casas não tinham comercializado entradas, mas se organizavam para uma noite com bastante público. No dia do show, não aparecia ninguém. Os donos das casas de espetáculos, é claro, ficaram irritadíssimos.

Com as notícias se espalhando, a turnê do Threatin minguou ainda mais. O show de domingo, em Belfast, foi cancelado. Duas bandas locais se apresentaram, mas nada do Threatin. Surgiram notícias de que o guitarrista e o baterista deixaram o grupo, e ainda foi exposto que Jered estava pagando pelo uso das casas de show em adiantado, para garantir que, mesmo que não houvesse público, eles poderiam se apresentar. Mas aí ninguém queria mais se envolver.

Segundo o site "Metal Sucks", Jered Threatin é o nome artístico de Jered Eames, um americano de 29 anos natural da pequena cidade de Moberly, no Missouri, que hoje vive na Califórnia, a 80 quilômetros de Los Angeles. Antes de se arriscar no Threatin, ele foi o membro de uma banda de black/death metal chamada Saetith, que lançou dois EPs, em 2007 e 2010. Depois, tocou com nomes conhecidos da cena do metal, como Abigail Williams.

A mudança de nome e o que Jered Threatin pretende fazer ainda seguem um mistério.