PUBLICIDADE
Topo

Qual caminho seguirá Damon Wayans após se despedir de "Máquina Mortífera"?

Damon Wayans como  Roger Murtaugh na série "Máquina Mortífera" - Divulgação
Damon Wayans como Roger Murtaugh na série "Máquina Mortífera" Imagem: Divulgação

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

04/10/2018 04h00

Damon Wayans ficou mais conhecido, principalmente entre os brasileiros, como Michael Kyle em "Eu, a Patroa e as Crianças", mas o ator de 58 anos conseguiu apagar a imagem de humorista com a série do momento "Máquina Mortífera", exibida aqui por Warner Channel e Rede Globo. Após chocar os fãs da produção policial anunciando sua saída depois da terceira temporada, será que Damon vai voltar para a comédia?

O norte-americano começou sua carreira justamente no stand-up, no início da década de 80. Entre 1985 e 1986, Damon entrou para o icônico "Saturday  Night Live", mas foi demitido depois de sete episódios por improvisar em um esquete ao vivo -- ele interpretou um policial gay em vez de um personagem heterossexual, como estava no roteiro. O ator explicou na ocasião que quis ser demitido pela falta de liberdade criativa dentro do grupo.

Com a família ganhando espaço na televisão e no cinema, Damon criou ao lado do irmão Keenem o seriado "In Living Color", que deu mais espaço para atores negros e foi exibido entre 1990 e 1994. Na mesma década, ele estrelou comédias de ação como "O Último Boy Scout", "Vou Te Pegar, Otário", "Lance Livre", "Quanto Mais Grana Melhor" e "Pelotão em Apuros".

Damon ainda roteirizou e estrelou "Blankman - Um Super-Herói Muito Atrapalhado", em que um inventor virava um justiceiro de baixo orçamento com um traje à prova de bala. Em 1995, o ator foi cogitado como intérprete do Charada em "Batman Eternamente", mas o papel acabou ficando com seu amigo Jim Carrey, que já havia trabalhado com ele em "In Living Color" e "Meu Amante é de Outro Mundo".

Damon Wayans como protagonista da série "Eu, a Patroa e as Crianças" - Reprodução - Reprodução
Damon Wayans como protagonista da série "Eu, a Patroa e as Crianças"
Imagem: Reprodução

O pai da família Kyle

Após alguns anos estrelando pequenas produções que não ganhavam destaque nem da crítica e muito menos do público, Damon encontrou seu espaço como pai de três filhos que precisa comandar uma típica família de classe média. Michael Kyle é casado com Jay e lida com os adolescentes Michael Kyle Jr. e Claire, além da pequena Kady.

"Eu, a Patroa e as Crianças" teve 5 temporadas e quase 125 episódios, rendendo o prêmio de melhor ator no People's Choice Awards de 2002. 

LEIA TAMBÉM

Várias celebridades também aproveitam o sucesso do projeto para fazer participações especiais, como Michael Jordan, Nicole Scherzinger, Terry Crews, Mos Def, Shaquille O'Neal, Serena Williams e Brian McKnight. 

A série chegou a ter picos de 11 milhões de espectadores apenas nos Estados Unidos e conquistou dezenas de prêmios. Sendo exibida originalmente entre 2001 e 2005, "Eu, a Patroa e as Crianças" virou febre no Brasil ao ser transmitida principalmente no SBT. Ainda hoje, após quase 17 anos, a série segue na grade brasileira pelo Comedy Central.

Astro de ação

Em 2015, o ator anunciou que iria se aposentar dos palcos de stand-up por complicações relacionadas ao diabetes. Wayans havia sido diagnosticado com a doença dois anos antes.

Foi em 2016 que o astro conseguiu outro papel de destaque na carreira. Como Roger Murtaugh no revival de "Máquina Mortífera", personagem que era de Danny  Glover nos filmes originais, Damon voltou aos holofotes e viu seu nome sendo falado novamente na grande mídia.

O ator interpreta um experiente policial de Los Angeles que arranja um novo parceiro de trabalho, Martin Riggs (Clayne Crawford), mais novo e com um passado trágico ainda o atormentando. Mesmo sendo tão diferentes, a dupla desenvolve um respeito mútuo. A situação da série acabou ficando mais conturbada com a saída de Crawford após desentendimento com a produção.

Seann William Scott e Damon Wayans em imagem promocional da terceira temporada de "Máquina Mortífera" - Divulgação - Divulgação
Seann William Scott e Damon Wayans em imagem promocional da terceira temporada de "Máquina Mortífera"
Imagem: Divulgação

Em um dos casos que culminaram em sua demissão, Crawford dirigiu uma cena em que havia uma explosão. Um dos estilhaços atingiu Wayans, que chegou a postar uma imagem no Twitter com a cabeça sangrando. Além do caso, Crawford também chegou a gritar com um assistente e reclamava da falta de apoio dos produtores.

Fora da série e de volta ao humor?

Seann William Scott foi recrutado para a terceira temporada de "Máquina Mortífera". Mas a série enfrenta agora outra questão. Em entrevista ao site Eurweb.com, Wayans afirmou que, após finalizar as filmagens dos 13 episódios encomendados pela Fox para a terceira temporada, simplesmente irá procurar outro emprego.

"Eu não sei o que eles estão planejando, mas é isso que estou planejando. Eu sou um cara diabético de 58 anos e estou trabalhando 16 horas por dia", justificou-se em vídeo. "Para mim, já deu. Como Murtaugh diria, estou muito velho para isso", ressaltou, sugerindo que planeja voltar ao palcos para tentar "voltar a sorrir novamente".

O que dá a entender é Damon planeja voltar para a comédia -- mais precisamente para o stand-up. No site "IMDB" não está registrado nenhum projeto novo dele, a não ser "Máquina Mortífera". O último roteiro que ele fez para a televisão foi há quase 10 anos, em "Eye Shat", quando também serviu como produtor executivo.