Topo

Festival TIM Music

Simaria faz exames e segue afastada de shows; Simone cumpre agenda da dupla

Flávio Florido/UOL
Simone e Simaria se apresentam no festival Villa Mix, no Allianz Parque, em São Paulo Imagem: Flávio Florido/UOL

Do UOL, em São Paulo

25/05/2018 16h52Atualizada em 26/05/2018 15h25

Após um período oficial de férias de Simone & Simaria, Simone voltou a assumir sozinha a agenda da dupla na noite de quinta-feira (24), com um show em Santa Helena de Goiás (GO). A irmã, Simaria, segue afastada após ser diagnosticada com tuberculose ganglionar em abril.

Segundo a assessoria de imprensa da dupla, Simaria passou por novos exames e aguarda os resultados, mas segue em repouso durante o fim de semana. A dupla tem um show marcado nesta sexta-feira (25) em Patos de Minas (MG) e também seria uma das principais atrações do festival TIM Music, no sábado (26), em São Paulo, mas o evento foi cancelado.

As apresentações de Simone & Simaria serão cumpridas por Simone, como tem sido desde o meio do mês de abril, quando Simaria passou um período internada e iniciou seu repouso após ter alta hospitalar.

Nesta sexta (25), Simone publicou uma foto em preto e branco ao lado de Simaria com a legenda "amo tanto que nem sei", deixando claro seu apoio ao momento difícil da irmã.

"Minha irmã me faz muita falta, mas quero que ela volte no momento certo, que esteja se sentindo bem e apta a encarar a estrada", declarou a cantora em recente entrevista ao UOL.

Histórico

Simaria, que tem 35 anos, já havia passado mal semanas antes de ser internada. A cantora deu entrada no hospital no dia 12 de abril se queixando de emagrecimento e alterações gastrointestinais, resultado de estafa devido à intensa agenda de compromissos. Ela teve alta cinco dias depois, com uma recomendação médica de 1 mês de repouso.

Como as férias da dupla já estavam programadas para o mês de maio, Simone cumpriu o restante da agenda sem a irmã. Ela agora retoma os shows sozinha enquanto Simaria aguarda o resultado de novos exames. Segundo médicos consultados pelo UOL, a tuberculose ganglionar não é contagiosa, mas exige repouso e um tratamento que pode durar cerca de seis meses.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!