Topo

Música

R. Kelly é processado por estupro e cárcere privado

Divulgação
Cantor R. Kelly Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

22/05/2018 10h01

R. Kelly foi novamente acusado de estupro. Na última segunda-feira (21), uma mulher deu entrada em um processo acusando o cantor de abuso sexual, cárcere privado e de não revelar uma doença sexualmente transmissível.

O processo, que está sendo conduzido em Nova York, foi revelado pelo jornal “The New York Times”. Ele é mais um indício da má-conduta do cantor de 51 anos, que foi acusado por várias mulheres ao longo de duas décadas.

Leia também

Na nova acusação, a mulher, identificada como Faith A. Rodgers, conta que tinha 19 anos quando se envolveu com o cantor. Após conhecê-lo em um show no Texas, Rogers, hoje com 20, foi convidada por Kelly para ir a Nova York. No hotel, ele deu início a “um contato sexual não desejado” – e não contou que estava infectado com herpes, o que levou a mulher a contrair a doença.

Rodgers afirma que permaneceu em um relacionamento com Kelly por cerca de um ano, e ele “rotineiramente praticava intimidação e abusos mentais, verbais e sexuais”. O cantor frequentemente fazia imagens de Rodgers durante o sexo, sem o consentimento dela, e a mantinha confinada como forma de puni-la e controlá-la.

Procurados pelo jornal, os representantes do cantor não se manifestaram.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!