Topo

Rio de Janeiro

Mangueirense, Alcione protesta contra corte de verba para escolas de samba

Reprodução/TV Globo
Alcione protesta contra Marcelo Crivella Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

18/06/2017 19h10

Presença marcante há 42 anos na Estação Primeira de Mangueira, Alcione protestou na tarde deste domingo (18) contra a decisão do prefeito Marcelo Crivella (PRB), de cortar 50% nos recursos de subvenção às escolas de samba do Rio de Janeiro. A cantora fez o desabafo durante participação no "Domingão do Faustão", da Globo.

"Eu queria dizer uma coisa: cortaram metade da verba para as escolas de samba. Se roubam lá na Petrobras, a culpa é do samba. Então, espero que o prefeito reveja isso e volte atrás [em sua decisão]", disse ela.

Na última segunda-feira, o prefeito Crivella, que também é membro da Igreja Universal do Reino de Deus, anunciou que pretende cortar pela metade os recursos da subvenção destinada às escolas de samba do grupo especial.

De acordo com a prefeitura do Rio, a diferença dos R$ 50 milhões destinada à organização do Carnaval seria transferida para aumentar o repasse de manutenção de creches conveniadas com o município. Atualmente, cerca de 15 mil alunos são atendidos em 158 unidades.

As agremiações receberam cerca de R$ 24 milhões para os desfiles de 2017, e, agora, 50% do valor seriam revertidos para melhorar a alimentação e o material escolar das crianças.