Topo

Filmes e séries


"Dor e Glória", de Almodóvar, representará a Espanha no Oscar

Antonio Banderas e Nora NAvas em cena de "Dor e Glória" - Divulgação
Antonio Banderas e Nora NAvas em cena de "Dor e Glória" Imagem: Divulgação

Da EFE em Madri

05/09/2019 07h46

"Dor e Glória", o filme autobiográfico de Pedro Almodóvar, foi selecionado pela Academia Espanhola de Cinema para concorrer à estatueta de melhor filme estrangeiro na 92ª cerimônia de premiação do Oscar, que será realizada no dia 9 de fevereiro no Teatro Dolby de Los Angeles, nos Estados Unidos.

O filme de Almodóvar superou na disputa espanhola "Buñuel en el laberinto de las tortugas", de Salvador Simó, e "Mientras dure la guerra", de Alejandro Amenábar, os outros dois pré-selecionados.

Entre todos os filmes apresentados para a categoria de melhor filme estrangeiro, a Academia de Hollywood escolherá nove, cujos nomes são habitualmente divulgados em dezembro. Dessa lista sairão os cinco indicados ao prêmio.

"Estamos muito emocionados por representar a Espanha", declarou a produtora Esther García, como representante do diretor espanhol, que está voando para a América do Norte para apresentar o longa-metragem nos Estados Unidos e no Canadá.

A estreia nos cinemas americanos permitirá que o filme "concorra em outras categorias" do Oscar, explicou García.

Almodóvar já conhece os mecanismos da academia americana: ganhou o prêmio de melhor filme estrangeiro em 1999 com "Tudo Sobre Minha Mãe" e, quatro anos depois, "Fale com Ela" levou o Oscar de melhor roteiro original.

Além disso, o diretor também soma outras cinco indicações em Hollywood desde 1988, quando foi candidato ao Oscar pela primeira vez, por melhor filme estrangeiro com "Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos".

Protagonizado por Antonio Banderas, que faturou o prêmio de melhor ator no Festival de Cannes, "Dor e Glória" também conta com outros nomes frequentes nos filmes de Almodóvar, como Penélope Cruz e Julieta Serrano.

"Dor e glória" foi visto por mais de um milhão de espectadores. Além disso, foi pré-selecionado nos Prêmios do Cinema Europeu e concorrerá também no 57º Festival de Cinema de Nova York.

Almodóvar, que completa 70 anos no próximo dia 25, acaba de receber no Festival de Veneza o Leão de Ouro de honra, prêmio que reconhece a trajetória profissional.

Filmes e séries