PUBLICIDADE
Topo

Integrantes do Pussy Riot, que virá ao Brasil, são expulsas de voo por embriaguez

O grupo feminista Pussy Riot - Getty Images
O grupo feminista Pussy Riot Imagem: Getty Images

De Copenhague (Dinamarca)

13/02/2019 11h11

Duas integrantes do grupo punk feminista Pussy Rio", que em abril virá pela primeira vez ao Brasil, Maria Aliokhina e Kyril Masheka, foram expulsas de um avião no aeroporto de Barcelona por causa de seu estado de embriaguez, informou a Guarda Civil à AFP.

Segundo a fonte, as duas integrantes da banda russa, conhecida pelos protestos contra o presidente Vladimir Putin, pegariam um voo de Barcelona para Milão, na Itália.

Por estarem bêbadas, elas não puderam embarcar, mas não foram detidas.

Conhecido mais pela militância do que por sua produção musical, o Pussy Riot já teve vários problemas com a justiça russa.

Elas alcançaram fama mundial quando, em fevereiro de 2012, três delas, incluindo Maria Aliokhina, fizeram uma "oração punk" contra Putin em uma catedral em Moscou, e sentenciadas a dois anos de prisão.

Em 2018, o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou a Rússia por este caso, argumentando tratamento degradante durante o julgamento e violação da liberdade de expressão.