Topo

Namoradas do cantor R. Kelly dizem que seus próprios pais estão mentindo por dinheiro

O cantor americano R. Kelly - Mike Pont/Getty Images
O cantor americano R. Kelly Imagem: Mike Pont/Getty Images

Gabriella Borter

07/03/2019 13h27

Duas mulheres que dizem estar em um relacionamento com o rapper R. Kelly rejeitaram alegações criminais de que ele abusou sexualmente de garotas adolescentes. Em uma entrevista hoje, elas acusaram seus próprios pais de tentar extorquir dinheiro do artista.

Os pais das duas mulheres, Azriel Clary e Joycelyn Savage, dizem que suas filhas, 21 e 23, respectivamente, sofreram lavagem cerebral de Kelly, 52 anos.

"Estou chorando porque vocês não sabem a verdade", disse Clary, enquanto soluçava, durante a entrevista para a CBS. "Vocês estão acreditando em algum teatro que nossos pais estão fazendo. Isso é tudo mentira por dinheiro e, se você não pode ver isso, você é ignorante e você é estúpido."

Kelly, que estava na sala durante a entrevista das mulheres, declarou-se inocente no mês passado em resposta a acusações de agredir sexualmente três adolescentes e uma quarta mulher.

As acusações foram feitas depois que uma série de documentários do canal Lifetime apresentou entrevistas com sete mulheres, incluindo sua ex-esposa, Andrea Kelly, que o acusou de abuso emocional e sexual.

Clary afirmou que seus pais a incentivaram a fazer "vídeos sexuais" com Kelly quando ela tinha 17 anos para que pudessem chantageá-lo. Ela também disse que seus pais ameaçaram vazar fotos nuas dela, a menos que Kelly lhes enviasse dezenas de milhares de dólares.

Ambos casais negaram pedir dinheiro a Kelly ou receber dinheiro do cantor.

"Nós nunca 'vendemos' nossa filha para ele ou qualquer outra pessoa. Todas as vítimas e os pais não podem estar mentindo", disseram ontem Alice e Angelo Clary em um comunicado.

Mais uma prisão

 Kelly foi preso ontem em Chicago por dever mais de US$ 161 mil em pensão alimentícia para seus três filhos com a ex-esposa. Ele tem de pagar o valor total para sair da prisão, disse um porta-voz do gabinete do xerife do condado de Cook.

 O rapper disse à CBS que está em dificuldades financeiras porque "muitas pessoas" que tiveram acesso à sua conta bancária roubaram dele. "Como posso pagar pensão alimentícia se minha ex-esposa está destruindo meu nome e não posso trabalhar? Como posso ser pago?", ele questionou.

O advogado de Andrea Kelly se recusou a comentar a alegação.

 A próxima audiência do cantor sobre a pensão está marcada para 13 de março e a data das acusações de abuso sexual, para 22 de março.

Mais Rap gringo