Topo

Música


R. Kelly é preso novamente, desta vez por não pagar pensão alimentícia

Mario Anzuoni/Reuters
O rapper R. Kelly no 41º American Musica Awards, em 2013 Imagem: Mario Anzuoni/Reuters

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

2019-03-06T20:11:31

06/03/2019 20h11

Apenas algumas horas após uma a exibição de uma emotiva entrevista de R. Kelly concedida ao programa "CBS This Morning", o cantor foi preso novamente por não pagar a pensão alimentícia e levado para a cadeia do Condado de Cook. A informação foi publicada pelo site Chicago Sun-Times.

R. Kelly já havia passado três dias na mesma cadeia, para onde foi levado após ter sido acusado pro abuso sexual, envolvendo quatro vítimas, três das quais menores de idade.

No mês passado, foi emitida uma ordem de prisão para Kelly se ele não pagasse US$ 161.663 para a sua ex-esposa Drea Kelly até as 10h da manhã de hoje. Drea está entre as várias vítimas que acusaram o cantor de má conduta sexual.

Durante a entrevista para o "CBS This Morning", Kelly se emocionou bastante quando falou de seus filhos. "Eu não estou realmente lutando pela minha carreira aqui. Eu estou lutando pelos meus direitos e estou lutando para ter um relacionamento com meus filhos, mais do que tudo. Eles me amam, eu os amo".

R. Kelly ainda negou outras acusações reveladas no recente documentário "Surviving R. Kelly", incluindo a de manter mulheres em cárcere privado. A produção afirma que o artista é líder de um culto sexual.

"O quão estúpido eu seria de fazer isso?", disse o cantor, aos prantos. "O quão estúpido eu precisaria para ser um monstro e deixá-las em meu porão? Velhos rumores, novos rumores, mas todos são mentirosos".

Quando se entregou à Justiça, o cantor americano se declarou inocente das dez acusações de abuso sexual a quatro pessoas, três delas menores de idade, que existem contra ele.