PUBLICIDADE
Topo

Neil Young remove logins do Facebook e Google de seu site de arquivos

Neil Young proibiu a campanha de Trump de usar suas músicas - Kevin Winter/Getty Images
Neil Young proibiu a campanha de Trump de usar suas músicas Imagem: Kevin Winter/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

11/08/2020 22h26

Neil Young irá desvincular seu site do Facebook e Google. O anúncio foi feito em email destinado aos membros do Neil Young Archives, no qual afirma que o "Facebook está ferrando as eleições".

O artista está gastando US$ 20 mil (cerca de R$ 110 mil) para remover os logins das mídias do site, de acordo com informações da Variety.

"O Facebook conscientemente permite que inverdades e mentiras em seus anúncios políticos circulem na plataforma, enquanto os bots semeiam a discórdia entre os usuários", escreveu Young no comunicado.

"Semear dissidência e caos em nosso país por meio da desinformação política é algo que não podemos tolerar. Simplificando, o Facebook está ferrando nossa eleição", diz outro trecho do anúncio.

A ação vai de acordo com outras atitudes do músico em relação à política. No início deste mês, ele entrou com um processo contra a campanha de Trump para proibir o uso de suas músicas "Rockin 'in the Free World" e "Devil's Sidewalk" em comícios.