PUBLICIDADE
Topo

Jorge e Mateus se manifestam sobre aglomeração durante show em Brasília

Live de Jorge e Mateus foi um dos recordes de audiência - Reprodução
Live de Jorge e Mateus foi um dos recordes de audiência Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/07/2020 17h19

A dupla Jorge e Mateus se pronunciou, através de sua assessoria, sobre a polêmica causada pela aglomeração de pessoas durante o show realizado em Brasília no último fim de semana.

"A dupla Jorge e Mateus informa que foi contratada pela empresa R2B de Brasília para apresentação em um projeto denominado 'Live Na Praia'. Este evento ocorreu dentro de um complexo hoteleiro, com a plateia em seus quartos, sem acesso às áreas comuns e sem trânsito de pessoas", disse o início do comunicado.

O texto prossegue: "Ressalta-se que Jorge e Mateus somente concordaram com a contratação para a realização da live após a comprovação e garantia dos organizadores de que haveria o cumprimento das normas de segurança em relação a saúde de todos e mediante apresentação de todos os documentos dos órgãos da administração pública que autorizasse a realização do evento — o que foi feito", ressaltou.

Segundo o texto, a apresentação não deveria causar aglomeração. "A apresentação foi EXCLUSIVA para o complexo hoteleiro, sendo que aqueles que estavam em embarcações no lago Paranoá não tinham qualquer tipo de acesso a apresentação da live, inclusive visual".

"Entretanto, as imagens do lago vem sendo veiculadas num contexto em associação à imagem da dupla Jorge e Mateus, o que leva a falsa impressão de que o show estava sendo realizado para as embarcações presentes no lago Paranoá, o que já foi dito que não ocorreu", destacou o documento.

A assessoria também explica que Jorge e Mateus não tinham conhecimento sobre a situação fora da área do hotel. "Salientamos ainda, que nenhum dos artistas concordam com aglomerações e também não tinham conhecimento do que estava ocorrendo neste lago, sendo competência exclusiva do poder público manifestar-se a respeito".

"Por fim, lamentamos profundamente por todas as vidas perdidas para a COVID-19, inclusive de familiares e de pessoas próximas a nós, e não estamos medindo esforços para tentar, de alguma forma, contribuir com todos aqueles que estão sofrendo com os reflexos dessa doença", finalizou a assessoria.

Chris Flores criticou dupla

Ontem, a jornalista Chris Flores, que apresenta o programa Triturando no SBT, fez duras críticas às aglomerações em tempos de pandemia do novo coronavírus. E aproveitou o desabafo para citar a morte do amigo Rodrigo Rodrigues, jornalista do Grupo Globo — diagnosticado com covid-19 no último sábado (25), Rodrigues não resistiu às complicações de uma cirurgia para controlar uma trombose venosa cerebral (TVC).

Durante o programa, ela demonstrou o descontentamento com o show realizado pela dupla em Brasília. Com um palco montado às margens do lago Paranoá, o evento reuniu fãs em lanchas e em sacadas de um hotel de luxo para acompanhar o show.

"Egoístas, irresponsáveis, nojentos. É isso que eu digo sobre vocês. Eu perdi um amigo hoje. Eu não tolero gente assim", disse Chris Flores sobre a situação.

Dupla já foi criticada por aglomerações

Em uma das primeiras lives promovidas pela dupla, eles já haviam sofrido críticas a respeito de aglomeração nos bastidores, mesmo em tempos de quarentena.

"Legal que Jorge e Mateus fizeram live, mas e a foto de bastidor, com direito a garçom e um monte de gente aglomerada? Por que a marca que patrocinou não ajuda diretamente a fundos do coronavírus? Cabe muito perguntar se essa é a hora de faturar com publicidade. Responsabilidade social?", questionou Fefito, colunista do UOL, no Twitter.

"Sem entender o conceito dessa aglomeração na produção da live de Jorge e Mateus, sério mesmo. E nem que reuniu os amigos em casa pra ver... Apenas parem de se fingir se doido para burlar o isolamento", reclamou outro internauta.