PUBLICIDADE
Topo

Filme sobre pandemia não poderá iniciar gravações... por causa da pandemia

Diretor Michael Bay durante gravações de "Transformers: O Último Cavaleiro" (2017); ele é o produtor de "Songbird" - Divulgação
Diretor Michael Bay durante gravações de "Transformers: O Último Cavaleiro" (2017); ele é o produtor de "Songbird" Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

03/07/2020 09h51

O filme "Songbird", que queria se tornar a primeira grande produção hollywoodiana a abordar o tema do coronavírus, não poderá começar suas filmagens na data prevista (ainda neste mês de julho). E justamente por causa da pandemia de covid-19.

De acordo com o The Hollywood Reporter, a produção recebeu do SAG-AFTRA, o sindicato de atores de Hollywood, uma ordem para não iniciar os trabalhos. Produzido por Michael Bay ("Transformers"), o filme contaria com astros como Demi Moore, Craig Robinson e Peter Stormare.

Ao THR, o SAG-AFTRA acusou os responsáveis pelo filme de "não serem transparentes sobre suas medidas de segurança" relacionadas ao coronavírus. "Isso é algo que, obviamente, nós levamos muito a sério", disse o porta-voz da instituição.

"Além disso, como explicitamos na ordem que enviamos ao filme, os produtores não aceitaram assinar o nosso acordo", completou, referindo-se a um documento do sindicato estabelecendo regras para todas as produções que quiserem retomar atividades em meio à pandemia.

O filme

Adam Mason ("A Cadeira do Diabo") estava escalado para dirigir "Songbird", a partir de roteiro de Simon Boyes ("Má Conduta"). A trama abordaria um futuro próximo em que a pandemia do coronavírus não se amenizou, e o mundo continuou sob severas ordens de isolamento.

A equipe citou filmes como "Atividade Paranormal" e "Cloverfield" como influências para criar "um clima de paranoia" na sua trama. A equipe acertou detalhes da pré-produção através de videoconferências, tecnologia que também usada no processo de escalação e preparação dos atores.

Filmes e séries