PUBLICIDADE
Topo

Empresário processa Maluma por suposta tentativa de extorquir R$ 5 milhões

Maluma posa com sua Ferrari e seu Porsche - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Maluma posa com sua Ferrari e seu Porsche Imagem: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Do UOL, em São Paulot

25/06/2020 17h23

Maluma está sendo processado pelo empresário Richard Caring, que trabalha principalmente em Londres, sob a acusação de tentativa de extorsão de US$ 1 milhão (mais de R$ 5 milhões, segundo a cotação de hoje).

De acordo com documentos obtidos pelo site TMZ, especializado na cobertura de celebridades estrangeiras, Richard Caring acusa Maluma de ter tentado fazê-lo pagar o dobro do que havia sido combinado por um show em seu casamento.

Caring alega que contratou Maluma para cantar em seu casamento, que inicialmente ocorreria em 7 de novembro de 2019, na República Dominicana. A noiva do empresário seria grande fã do artista, e o valor combinado teria girado em torno de US$ 500 mil (R$ 2,6 milhões).

Porém, três meses antes da cerimônia, Richard teve de adiar o casamento por problemas na organização de um evento "com aquela magnitude". A data foi movida para junho de 2020, e o novo local escolhido foi Roma, capital da Itália.

Caring afirma que chegou a pagar US$ 375 mil (R$ 2 milhões) de maneira antecipada a Maluma, e tudo parecia correr bem. Mas, posteriormente, o estafe do cantor teria exigido que o empresário pagasse o total de US$ 1 milhão, o dobro do preço inicial.

Os documentos obtidos pelo TMZ informam que a equipe de Maluma teria justificado a cobrança extra com o fato de que a nova data do casamento interferiria na turnê do cantor pela Europa. O artista teria se recusado a devolver a quantia que recebeu antecipadamente.