PUBLICIDADE
Topo

Marisa Tomei se diz arrependida de fazer papéis de mãe após viver Tia May

Tom Holland  e Marisa Tomei em cena de "Homem-Aranha: Longe de Casa" - Reprodução
Tom Holland e Marisa Tomei em cena de "Homem-Aranha: Longe de Casa" Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

12/06/2020 11h05Atualizada em 12/06/2020 11h47

A atriz Marisa Tomei disse em entrevista ao site Collider que se arrepende de ter começado a fazer personagens maternos em filmes.

"Eu realmente me arrependo de começar por esse caminho e me arrependo de ter feito isso. Honestamente, é mais difícil [de fazer o papel] do que outras coisas", disse.

Ela interpretou a Tia May em "Capitão América: Guerra Civil", "Homem-Aranha: De Volta ao Lar", "Vingadores: Ultimato" e "Homem-Aranha: Longe de Casa", da Marvel.

May Parker era praticamente a mãe de Peter Parker nos filmes da Marvel, já que foi criado por ela após os pais morrerem. Agora, atuando como mãe biológica no drama "The King of Staten Island", Marisa Tomei lamenta ter ficado rotulada e reforça que pode fazer outros gêneros de personagens e filmes.

"Eu ainda acho que existem outros aspectos das comédias românticas. Há tantos, muitos — a amplitude do quanto as mulheres são, há muitos papéis", contou a atriz.

Apesar de mostrar arrependimento, Marisa diz que tenta aproveitar ao máximo essas experiências maternas nas telas de cinema. "Todo ator e atriz tem muitas dimensões para eles e se o escopo do que está sendo escrito e feito é estreito, e você quer continuar trabalhando, faz o que pode".

Marisa Tomei ganhou o Oscar de Melhor atriz Coadjuvante em 1993, com a atuação no filme "Meu Primo Vinny".

Ela foi indicada mais duas vezes na mesma categoria em 2002 e em 2009, pelos filmes "Entre Quadro Paredes" e "O Lutador", respectivamente.

Filmes e séries