PUBLICIDADE
Topo

Governadora de Arkansas diz que proibirá show de rock marcado para amanhã

TempleLive, teatro e casa de shows em Fort Smith (EUA) - Divulgação
TempleLive, teatro e casa de shows em Fort Smith (EUA) Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

14/05/2020 13h17

Asa Hutchinson, governadora do estado de Arkansas, nos Estados Unidos, informou que não permitirá que aconteça um show de rock programado para amanhã no estado. A apresentação seria da banda Bishop Gunn, que tem influências de country e blues, e, segundo a governadora, a casa de shows não enviou ao Departamento de Saúde local um plano de serviço de combate ao coronavírus no espaço.

O show seria no TempleLive, um teatro e casa de shows da cidade, que informou quais seriam as medidas adotadas: o público teria que manter dois metros de distância, a venda seria de somente 20% da capacidade do teatro — cerca de 229 entradas — entre outras medidas de segurança.

Em entrevista coletiva, Hutchinson disse que enviará um comunicado ao local impedindo o show.

"Você não pode determinar arbitrariamente quando as restrições são levantadas. Isso é feito com base em requisitos de saúde pública. Mesmo que você tenha 250 pessoas em um local, ainda precisa ter um plano específico que seria aprovado pelo Departamento de Saúde. Nada disso foi feito neste caso", pontuou Hutchison sobre o show de amanhã.

Na semana passada, o Departamento de Saúde do Arkansas emitiu um comunicado que permitia, a partir de 18 de maio, que locais fechados realizassem eventos com 50 pessoas ou menos desde que cumprissem outras medidas de segurança. Os locais que quisessem fazer eventos com mais de 50 pessoas deveriam estar operando com menos de 34% da capacidade e enviar um plano ao departamento.

Até o momento desta publicação, o site do TempleLive ainda anunciava a venda de ingressos para o show.