PUBLICIDADE
Topo

Na TV dos EUA, Brad Pitt imita médico que contradiz Trump sobre cloroquina

Brad Pitt como o doutor Anthony Fauci - Reprodução / Twitter
Brad Pitt como o doutor Anthony Fauci Imagem: Reprodução / Twitter

Do UOL, em São Paulo

26/04/2020 12h33

Interpretando o médico Anthony Fauci, Brad Pitt rebateu algumas observações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a pandemia do novo coronavírus. A aparição do ator aconteceu no programa "Saturday Night Live".

De peruca e terno, Pitt brincou: "Boa noite. Sou o Dr. Anthony Fauci. Primeiro, gostaria de agradecer a todas as mulheres mais velhas da América que me enviaram e-mails de apoio, inspiradores e às vezes gráficos".

Na sequência, o ator questionou a fala em que Trump disse que as vacinas contra a covid-19 estariam chegando em breve. "É uma frase interessante. Em relação a toda a história da terra? Claro, a vacina virá muito rápido. Mas se você dissesse a um amigo que terminaria em breve, e você aparecesse um ano e meio depois, bem, seu amigo pode estar relativamente chateado", considerou Pitt.

Outra fala do presidente norte-americano rebatida foi de que o vírus desapareceria como um "milagre". O astro de Hollywood disse: "Um milagre seria ótimo, quem não ama milagres? Mas um milagre não deve ser o Plano A".

Ao final do vídeo, Brad Pitt deixou o personagem ao tirar a peruca e utilizar sua própria voz para agradecer ao médico Anthony Fauci.

"E ao verdadeiro Dr. Fauci, obrigado por sua calma e clareza neste momento enervante. Obrigado aos médicos, socorristas e suas famílias por estarem na linha de frente", finalizou.

Considerado o mais importante especialista em doenças infecciosas dos Estados Unidos, Fauci costuma contradizer Trump em questões ligadas à covid-19. O médico de 79 anos é um dos principais integrantes da força-tarefa criada pela Casa Branca para responder à pandemia.