PUBLICIDADE
Topo

Por coronavírus, 'Walking Dead' tem final anticlimático e sem batalha

Beta em "The Walking Dead" - Divulgação
Beta em 'The Walking Dead' Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

05/04/2020 23h04

Afetada pela pandemia de coronavírus, "The Walking Dead" foi obrigada a encerrar, por ora, sua décima temporada no penúltimo episódio, exibido hoje —o que postergou um aguardado confronto e resultou em um desfecho um tanto anticlimático, ainda que apoiado em ótimos diálogos e cenas comoventes.

Abaixo, contamos como foi o episódio. Mas atenção: há spoilers adiante. Se você ainda não assistiu, pare por aqui e volte depois.

A (quase) batalha com os Sussurradores

Alpha (Samantha Morton) já se foi, mas o conflito com os Sussuradores continua presente —e foi justamente o confronto final entre os sobreviventes e o grupo de vilões que ficou só na expectativa.

Quando o episódio, intitulado "The Tower" (a torre, em português), chegou ao fim, Beta (Ryan Hurst) e sua horda acabavam de chegar à "torre", um hospital abandonado em que os sobreviventes estavam se abrigando. A batalha, porém, vai ficar para um futuro indefinido, já que o episódio final da temporada não foi finalizado e não tem data para ir ao ar.

A primeira aparição de Beta e seu grupo no episódio foi em Alexandria, onde encontraram a comunidade abandonada. Ouvindo vozes, o vilão decidiu seguir então para Oceanside, mas logo mudou de ideia ao perceber que a comunidade provavelmente estaria à espera deles. Ao ver um gato e interpretá-lo como um sinal divino, Beta acertou a rota e passou a conduzir a horda em direção à torre.

Aaron (Ross Marquand) e Alden (Callan McAuliffe), que acompanhavam o grupo, tentaram recuar para avisar, mas foram capturados.

Uma nova personagem

Princesa (Paola Lázaro), a nova personagem de The Walking Dead - Divulgação
Princesa (Paola Lázaro), a nova personagem de The Walking Dead
Imagem: Divulgação

Em uma missão paralela, Yumiko (Eleanor Matsuura), Ezekiel (Khary Patton) e Eugene (Josh McDermitt) conheceram uma nova personagem: a extravagante Juanita (Paola Lázaro) —ou Princesa, como ela prefere ser chamada. Sozinha há mais de um ano, Princesa ficou empolgada com a visita, mas acabou espantando os cavalos dos visitantes ao abrir fogo contra um grupo de zumbis.

O trio acabou aceitando a ajuda da desconhecida, que prometeu levá-los a um lugar com veículos a disposição. Eles foram parar em um campo minado e, depois, perceberam que Princesa os fez dar uma volta mais longa para chegar ao destino. Sob ameaça de levar uma flechada de Yumiko, a novata admitiu que fez isso por se sentir sozinha, e acabou comovendo os novos conhecidos.

Ao fim, ela os levou até um depósito cheio de bicicletas e recebeu de Yumiko o convite para acompanhar o trio, o que a deixou radiante.

Lydia e Negan

Lydia (Cassady McClincy), filha de Alpha, foi um dos grandes destaques do episódio. Tendo de lidar com a morte de sua mãe, ela foi consolada por Judith (Cailey Fleming), que perguntou se ela sentia saudades da mãe. Respondendo negativamente, Lydia se justificou: "Nem todo mundo tem uma mãe como a sua".

Divulgação
Imagem: Divulgação

Depois, ela compartilhou um momento de extrema honestidade com Negan (Jeffrey Dean Morgan), o algoz de Alpha. O anti-herói disse que gostava da mãe de Lydia e que preferia não ter feito o que fez. "A maioria de nós desejou que você morresse com ela", respondeu a garota.

Mais tarde, ela voltou a confrontar Negan, acusando-o de ter matado Alpha só para ficar com a fama de herói. O ex-vilão sugeriu que Lydia batesse nele para descontar o sofrimento pela morte da mãe: "Mãe você só tem uma". Lydia, com raiva, respondeu que queria odiar a mãe, aos prantos, e acabou ganhando um abraço de Negan, em uma das melhores cenas do episódio.

Judith e Daryl

Outra dupla de destaque foi a formada por Judith e Daryl (Norman Reedus), que cada vez mais assume o papel de figura paterna da garota. Daryl, que tentava em vão contatar Michonne (Danai Gurira), estava na mata quando Judith foi atrás dele pedindo para que ele a ensinasse a proteger o perímetro —para o caso de precisar um dia.

Os dois acabaram se deparando com uma batedora dos Sussurradores, atingida por uma flecha de Daryl. Ela afirmou que deixou o grupo porque Beta havia enlouquecido, e acabou sendo morta pelo motoqueiro, sob os olhares chocados de Judith. "Você não precisava ter feito isso", disse a menina. "Ela não tinha nenhuma informação útil para nós", retrucou ele.

Um pouco depois, Judith admitiu que estava preocupada que a mãe não voltasse mais. Ela contou sobre a conversa com Michonne e disse que ela havia ido ajudar algumas pessoas —mas não falou nada sobre a tentativa da guerreira em encontrar Rick. Chorando, Judith pediu a Daryl que prometesse não partir. Ele disse que não o faria pois não podia mentir para ela, mas garantiu que sempre haveria pessoas dispostas a fazer tudo por ela, em um dos momentos mais comoventes da noite. Os dois terminaram o episódio descobrindo que os Sussurradores haviam chegado.

Carol e Kelly

O episódio também contou com uma participação rápida da dupla formada por Carol (Melissa McBride) e Kelly (Angel Theory). Em uma saída para buscar fiação de carros, Carol aproveitou para pedir desculpas à colega por ter colocado sua irmã, Connie, em perigo. Kelly, porém, disse acreditar que ela ainda esteja viva e deu um grande discurso para Carol, dizendo que ela não pode desistir porque coisas ruins acontecem.

Walking Dead