PUBLICIDADE
Topo

Música


Kanye West manifesta apoio a Trump e questiona: 'Preciso ser democrata?'

O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)
Imagem: O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)

Do UOL, em São Paulo

25/03/2020 15h55

Kanye West é capa da revista pertencente ao jornal americano The Wall Street Journal. Na entrevista publicada hoje, o rapper de 42 anos reflete sobre sua relação com Donald Trump, presidente dos EUA.

"Eu sou um cara negro com um boné MAGA [sigla do slogan da campanha de Trump, 'Make America Great Again', que significa 'Faça a América grande novamente'], dá pra imaginar?".

"Isso me lembrou como eu me sentia como um negro antes de ser famoso, quando entrava em um restaurante e as pessoas me olhavam como se eu fosse roubar algo. 'Este é o seu lugar. Sim, você é negro, então é democrata'".

"Tudo é sobre colocar as pessoas no lugar delas. É um classismo, não só um racismo", disse.

Apesar de suas posições, o rapper alegou não seguir notícias sobre política e nem ser registrado para votar.

Relação no passado

Em 2018, Kanye West e Donald Trump se reuniram na Casa Branca para discutir sobre cortes de impostos, reforma penitenciária, saúde mental e racismo. Em uma série de tweets, West chamou o presidente de "meu irmão", dizendo: "Você não precisa concordar com Trump, mas a multidão não pode fazer com que eu deixe de amá-lo. Ele é meu irmão. Temos o direito de um pensamento independente".

Durante a entrevista, West relembrou os tweets e reiterou o conteúdo. "Os negros são 90% dos democratas. Isso soa como controle para mim. O Trump representa algo importante para mim, de que as pessoas não podem me dizer o que fazer porque sou negro. Vamos mudar o mundo. Deus está do meu lado, Deus está conosco"

Música