PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Nando Reis doa seu acervo de conchas ao Museu Nacional: 'Melhor decisão'

Nando Reis diz que doar seu acervo para o Museu Nacional é a melhor decisão - Divulgação/TV Globo
Nando Reis diz que doar seu acervo para o Museu Nacional é a melhor decisão Imagem: Divulgação/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

11/03/2020 12h16

Nando Reis decidiu doar seu acervo de centenas de conchas para o setor de malacologia do Museu Nacional do Rio de Janeiro. O museu ficou destruído após um incêndio de grandes proporções em setembro de 2018.

O cantor disse a O Globo que o pai, o engenheiro José Carlos Reis, começou a coleção em 1966, quando começou a juntar as conchas que encontrava na Praia do Lazáro, em Ubatuba (SP). Quando começou nos Titãs, Nando tinha o hábito de comprar conchas de colecionadores e mergulhadores em viagens, enquanto seu pai organizava a coleção. "Meu pai, hoje com quase 90 anos, era responsável por catalogar. A gente tinha uma bibliografia respeitável. Ela virou uma coleção muito bonita", contou.

A doação vai integrar a Coleção Mollusca do Museu Nacional, que foi gravemente atingida pelo incêndio. Mesmo com 95% dos lotes recuperados, grande parcela do material, com mais de 40 mil lotes, foi perdida no desastre.

Nando chegou a fazer parte da Sociedade Brasileira de Malacologia e guardava todo o acervo na casa de sua família, no interior de São Paulo. Quando ficou sabendo do incêndio, ele logo pensou doar sua coleção ao Museu. Por sua atividade e interesse na área, entrou em contato com amigos biólogos da Universidade Federal do Ceará para saber como poderia fazer a doação.

"Vendo a tragédia do Museu Nacional, juntei as pontas. Soube da coleção que eles tinham perdido, e achei que tinha todo o sentido doar para pessoas que vão fazer uso muito melhor do que manter em casa. Dessa forma, a coleção ganha outro tipo de relevância. Eles vão saber separar o que vai para estudo, acervo, o que vira material didático."

O cantor elogia a organização e o cuidado do seu pai com o acervo e diz ter certeza de que a doação é a melhor decisão que poderia tomar. "Meu pai é um homem muito meticuloso e metódico, então tem registros em cada concha. Remexer nisso foi muito emocionante, de fato, ela tem um valor bastante afetivo. Mas isso não diminui a minha certeza de encaminhá-la a esse destino."

Entretenimento