PUBLICIDADE
Topo

Genesis: tudo o que sabemos sobre a turnê que reunirá a banda após 13 anos

Tony Banks, Phil Collns e Mike Rutherford, que voltarão aos palcos com o Genesis em 2020 - Divulgação
Tony Banks, Phil Collns e Mike Rutherford, que voltarão aos palcos com o Genesis em 2020 Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

06/03/2020 15h09

É oficial. Depois um longo inverno —13 anos—, o Genesis, uma das bandas mais importantes da cena do rock progressivo, confirmou sua volta aos palcos em uma nova turnê, intitulada "The Last Domino?". Até o momento, 16 apresentações foram anunciadas pelos integrantes em três países do Reino Unido (Inglaterra, Escócia e Irlanda do Norte) e Irlanda.

Os shows acontecem entre novembro e dezembro, e será a primeira vez ao vivo do Genesis desde o dia 13 de outubro de 2007, quando a banda finalizou sua milionária "Turn It On Again: The Tour", que comemorou quarenta anos de carreira passando pela Europa e América do Norte.

Veja abaixo o que já sabemos sobre a reunião.

Quem estará nela?

O Genesis versão trio: Phil Collins (vocal), Tony Banks (teclado) e Mike Rutherford (guitarra e baixo), escalação oficializada em 1978 no álbum "...And Then There Were Three...". Peter Gabriel, vocalista da primeira fase, e o guitarrista Steve Hackett não embarcaram no projeto. Músicos de estúdio completarão o time.

Phil Collins em show do Genesis em 2007 - Jacques Demarthon/AFP
Phil Collins em show do Genesis em 2007
Imagem: Jacques Demarthon/AFP

Quando e onde serão os shows?

16/11 - Dublin (3 Arena)
19/11 - Belfast (SSE Arena)
23/11 - Liverpool (M&S Bank Arena)
24/11 - Liverpool (M&S Bank Arena)
26/11 - Newcastle (Utilita Arena)
27/11 - Newcastle (Utilita Arena)
29/11 - Londres (The O2)
30/11 - Londres (The O2)
2/12 - Leeds (First Direct Arena)
3/12 - Leeds (First Direct Arena)
5/12 - Birmingham (Arena Birmingham)
6/12 - Birmingham (Arena Birmingham)
8/12 - Manchester (Manchester Arena)
9/12 - Manchester (Manchester Arena)
11/12 - Glasgow (SSE Arena)
12/12 - Glasgow (SSE Arena)

Os ingressos já estão à venda?

Sim. Estão disponíveis em sites como Ticketmaster, Live Nation e AXS, com preços de ingressos comuns girando entre 60 libras (cerca de R$ 362) e 175 libras (R$ 1.055). Interessou? Segundo o site Decolar, um pacote para Londres na época dos shows sai por cerca de R$ 7.000 para duas pessoas, com hospedagem em hotel econômico incluída.

A turnê pode vir ao Brasil?

Por enquanto, é improvável, já que depende do anúncio de uma turnê mundial. Mas o giro está se expandindo. Devido à alta procura por ingressos, seis novas datas foram anunciadas hoje. Vale lembrar que Phill Collins se apresentou no Brasil em 2018, depois de abandonar a aposentadoria.

Eles vão lançar disco novo?

Nada foi anunciado e a change é muito pequena, já que os integrantes estão beirando ou passando dos 70 anos e produzindo cada vez menos material de estúdio.

Phil Collins tocará bateria?

Contrariando as expectativas, o vocalista Phil Collins, 69, que precisou de bengala para subir ao palco recentemente no Brasil, afirmou que voltará a tocar bateria, ainda que por curtos períodos. Ele havia se aposentado do instrumento após descolar uma vértebra no pescoço que afetou nervos a mão.

Tenho de pensar seriamente, mas já decidi o que vou fazer e em que canções tocar.
Phil Collins, em entrevista à BBC Radio 2, sobre voltar a tocar bateria

Phil Collins se apresenta em São Paulo em 2018 - Lucas Lima/UOL
Phil Collins se apresenta em São Paulo em 2018
Imagem: Lucas Lima/UOL

E o filho de Phil Collins?

Nas apresentações solo de Phil, a bateria tem sido ocupada por seu filho, Nic Collins, hoje com 18 anos. Ele deve aparecer na nova turnê do Genesis, como o próprio pai havia sinalizado em 2018.

Qual será o repertório?

Como o Genesis não lança disco de estúdio desde 2007, o repertório deve seguir a linha do utilizado na última turnê, voltada à fase de maior sucesso comercial. Ou seja, os fãs podem esperar, principalmente, músicas dos álbuns lançados entre 1980 e 1991, como "Turn It On Again", "Mama" e "Invisible Touch". Faixas da fase progressiva e do final dos anos 1970, de discos como "Selling England by the Pound" e "...And Then There Were Three...", também devem aparecer.

Rock