PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Ator indicado ao Bafta é condenado por armazenar material de pedofilia

O ator Nathan McHallam em cena do filme "Crownman", de 2016 - Divulgação/IMDB
O ator Nathan McHallam em cena do filme "Crownman", de 2016 Imagem: Divulgação/IMDB

Do UOL, em São Paulo

01/03/2020 16h28

O ator Nathan McHallam, de 18 anos, foi detido e condenado na última sexta-feira por posse de material de pornografia infantil. O júri levou menos de 30 minutos para considerar o jovem culpado.

O material foi apreendido em 2018, durante uma operação da polícia na casa dos pais do ator em Bankfoot, na Escócia. No momento, o ator e os pais dele estavam na casa.

Foram encontradas 264 imagens ilegais, 151 consideradas na categoria A, indicando muita gravidade, segundo a polícia. As imagens eram de meninas com idade entre 6 e 12 anos.

A mãe de McHallam disse não saber da origem das imagens. McHallam disse apenas não saber como as imagens foram parar lá.

O oficial Daniel Neill, da divisão de crimes cibernéticos da polícia, disse que não há chances do computador do ator ter sido hackeado.

O ator, indicado ao Bafta em 2016 pela sua atuação no filme "Crownman", foi colocado no Registro de Agressores Sexuais e libertado sob fiança enquanto o tribunal prepara sua sentença final. Ele está proibido de deixar a cidade e de acessar a internet.

Entretenimento