PUBLICIDADE
Topo

Geek


X-Men: intérprete de heroína asiática diz que teve 'muitas cenas' cortadas

Lana Condor como Jubileu em "X-Men: Apocalipse" (2016) - Divulgação/IMDb
Lana Condor como Jubileu em 'X-Men: Apocalipse' (2016) Imagem: Divulgação/IMDb

Do UOL, em São Paulo

18/02/2020 10h58

Resumo da notícia

  • A atriz Lana Condor se abriu sobre sua experiência em 'X-Men: Apocalipse'
  • Na época, fãs criticaram filme por dar poucas falas a heroína asiática Jubileu
  • "Eu filmei muitas cenas que acabaram sendo cortadas", revelou

Em 2016, os fãs dos quadrinhos de "X-Men" tinham motivos para comemorar: uma das heroínas mais populares das revistas, a Jubileu, ia finalmente aparecer em um filme da saga, na pele da então estreante Lana Condor.

No entanto, quando "X-Men: Apocalipse" finalmente chegou aos cinemas, veio a decepção. Muitos criticaram o fato da personagem ter poucas falas durante o filme, assim como outros heróis e vilões não-brancos do elenco.

Em nova entrevista ao site StyleCaster, Condor contou sobre sua experiência no set: "Eu filmei muitas cenas que acabaram sendo cortadas. Mas este foi o meu primeiro filme, minha primeira vez no tapete vermelho. Na época, estava feliz por conseguir qualquer papel".

Se o mesmo ocorresse hoje em dia, no entanto, Condor analisou que pensaria diferente. "Eu acho que eu me sentiria desencorajada [a continuar atuando]. Eu sentiria a existência de uma injustiça", disse.

Desde a experiência em "X-Men: Apocalipse", Condor ganhou notoriedade ao interpretar Lara Jean, a protagonista de "Para Todos os Garotos que Já Amei". A continuação do filme foi lançada na Netflix no último dia 12 de fevereiro.

Geek