PUBLICIDADE
Topo

Música


Caetano Veloso critica censura ao Porta e fala em "atitude de aiatolá"

Marcelo Justo/UOL
Imagem: Marcelo Justo/UOL

Do UOL, em São Paulo

16/01/2020 11h45

Caetano Veloso criticou a polêmica em torno do episódio de natal do Porta dos Fundos, disponível na Netflix, que chegou a ser censurado em uma decisão judicial. O cantor questionou como o Brasil, hoje alinhado politicamente com os Estados Unidos, está, segundo ele, "tomando atitude de aitatolá" - referindo-se à cultura rígida em países do Oriente Médio.

"Sou contra censura. Lancei É Proibido Proibir em 1968, em plena ditadura militar. Adorei a atitude de Felipe Neto em relação ao desenho do beijo gay. Vi o Especial de Natal do Porta dos Fundos com atraso. Mas ri à beça. Os atores são muito bons e as cenas irresistíveis", elogiou Caetano, ao Estadão.

"Venho de uma família muito religiosa, mas sempre achei muita graça em humor blasfemo. Entendo que alguns devotos protestem. Mas censurar por razões religiosas, não: não estamos no Irã. O Estado brasileiro tem agora liberais anglo-americanos inspirando a economia, como pode querer tomar atitude de aiatolás?", questionou.

Caetano também falou sobre seu novo disco, Caetano Veloso & Ivan Sacerdote, uma parceria com um clarinetista de 32 anos, a quem conheceu em 2018. "O cantor e compositor Magary Lord trouxe esse clarinetista uma noite aqui em casa. Todo mundo ficou encantado com a doçura do sopro e com a musicalidade dele."

A ideia de gravarem um disco foi de sua mulher Paula Lavigne, que também é produtora e empresária de sua carreira. "Gravamos tudo numa sessão só. Ele vinha aqui em casa, assim como outros músicos jovens e talentosos de Salvador, para fazer o que ela chama de 'cantorias'. Às vezes eu cantava umas coisas, Ivan improvisava no clarinete. O que a gente fez no estúdio era quase uma coisa caseira, mas as pessoas acharam bonito. Paulinha considerou que o nível era profissional. Daí propôs que gravássemos vídeos na Vevo em Nova York. Deu certo. Tanto Ivan quanto eu ficamos muito contentes com o resultado."

Música