PUBLICIDADE
Topo

Você não lembra, mas a estreia do projeto Amigos aconteceu com Gugu no SBT

Os Amigos no Sabadão Sertanejo: Leandro, Chitãozinho, Luciano, Xororó, Leonardo e Zezé Di Camargo - Rosa Marcondes
Os Amigos no Sabadão Sertanejo: Leandro, Chitãozinho, Luciano, Xororó, Leonardo e Zezé Di Camargo Imagem: Rosa Marcondes

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

18/12/2019 04h00

Resumo da notícia

  • A Globo exibe o especial Amigos, reunindo Chitãozinho & Xororó, Leonardo e Zezé Di Camargo & Luciano
  • O projeto retorna à TV após 21 anos, quando foi encerrado em consequência da morte de Leandro
  • A primeira reunião das três duplas sertanejas, porém, aconteceu no Sabadão Sertanejo, programa de Gugu Liberato no SBT

O projeto Amigos, reunião de Chitãozinho & Xororó (estrelas do especial de fim de ano do UOL, transmitido ao vivo hoje, quarta-feira, às 18h), Leonardo e Zezé Di Camargo & Luciano, volta hoje à Globo após 21 anos. O primeiro encontro de três das maiores duplas sertanejas da música brasileira, porém, aconteceu em outro palco: o de Gugu Liberato no SBT.

Em um sábado de 1994, um ano antes de os amigos se reunirem na Globo, os seis cantores foram convidados para dividir o palco no Sabadão Sertanejo, um dos programas de maior audiência do SBT na época, comandado por Gugu. No velório do apresentador, duas semanas atrás, Luciano relembrou a importância daquele primeiro encontro.

"Ainda não tinha esse nome de Amigos, mas a primeira vez que Chitãozinho & Xororó, Leandro & Leonardo e Zezé Di Camargo & Luciano cantaram juntos foi no Sabadão. Gugu colocou [os cantores que eram] segunda voz de um lado e [os que eram] primeira no outro. Naquele dia foi a primeira vez dos Amigos."

Gugu Liberato reuniu pela primeira vez na TV Chitãozinho & Xororó, Leandro & Leonardo e Zezé Di Camargo & Luciano - Reprodução/SBT
Gugu Liberato reuniu pela primeira vez na TV Chitãozinho & Xororó, Leandro & Leonardo e Zezé Di Camargo & Luciano
Imagem: Reprodução/SBT

O show que irá ao ar hoje na Globo foi gravado em São Paulo. Mas, um dia após a morte do apresentador, os sertanejos fizeram um show em Porto Alegre e prestaram uma homenagem a Gugu.

"Foi tudo muito inesperado. Ficamos pensando no que faríamos e chegamos a um consenso de colocar uma foto dele durante a apresentação. A maior homenagem veio mesmo do povo. Quando demos boa noite, o Xororó falou que tínhamos perdido o Gugu e todo o mundo começou a gritar e a aplaudir, como um tributo", revela Luciano.

Primeira apresentação dos Amigos, no Sabadão Sertanejo - Reprodução/SBT
Primeira apresentação dos Amigos, no Sabadão Sertanejo
Imagem: Reprodução/SBT

União de vozes

Um dos telespectadores que assistirá ao especial da Globo será Roberto Manzoni, o Magrão, diretor do Sabadão Sertanejo, que reuniu os seis sertanejos pela primeira vez na televisão. Em entrevista ao UOL, ele relembra como conseguiu juntar no mesmo palco as três duplas mais executadas nas rádios na década de 1990.

Embora fosse ao ar aos sábados, dia em que as duplas faziam a maioria dos shows, o Sabadão era gravado durante a semana. Os sertanejos faziam questão de ir aos programas de Gugu, porque o apresentador foi o primeiro a dar espaço a artistas como Zezé Di Camargo & Luciano, ainda no Viva a Noite.

"Esse programa foi especial. Juntar as três duplas foi difícil, mas tínhamos uma audiência muito boa e uma sintonia muito grande com os artistas sertanejos. Todo mundo queria fazer o programa", conta Manzoni, que trabalhou no SBT durante quase quatro décadas e hoje está afastado da TV.

Roberto Manzoni (Magrão) ao lado dos Amigos no SBT - Reprodução/Facebook
Roberto Manzoni (Magrão) ao lado dos Amigos no SBT
Imagem: Reprodução/Facebook

Cada bloco daquele Sabadão foi dedicado a uma dupla sertaneja. No encerramento, os seis cantores entraram juntos e interpretaram Saudade da Minha Terra, clássico caipira gravado em 1966 por Belmonte & Amaraí. O programa separou os convidados em dois trios: Xororó, Leonardo e Zezé de um lado; Chitãozinho, Leandro e Luciano do outro.

"Eles fizeram com o maior prazer, e juntamos as vozes. Invertemos a primeira com a segunda. Foi uma ideia que tivemos em conjunto, e eles cantaram juntos, abraçados. Foi de arrepiar. A gente vibrava, foi um negócio maravilhoso, tanto com os artistas quanto com as pessoas da técnica, os câmeras, e até o Gugu com aquela alegria dele", conta Magrão.

Em 1995, a Globo se interessou em reunir as três duplas e criou o projeto Amigos, gravado anualmente em ginásios.

Amigos terminou em 1998, com uma homenagem a Leandro, que morreu em junho após lutar contra um câncer.

Chitãozinho, Leonardo, Zezé Di Camargo, Xororó e Luciano no show Amigos 20 Anos - Fábio Rocha/Globo
Chitãozinho, Leonardo, Zezé Di Camargo, Xororó e Luciano no show Amigos 20 Anos
Imagem: Fábio Rocha/Globo

Sertanejo