PUBLICIDADE
Topo

Anitta lamenta morte de dançarino do clipe Vai Malandra: Matar virou banal

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

10/12/2019 13h40

Anitta lamentou a morte de Rodrigo Motta, dançarino que participou do clipe Vai Malandra, por meio do seu Twitter hoje.

"Meus sentimentos à família e amigos do Rodrigo Motta que participou do meu clipe de Vai Malandra. Recebi essa notícia pela internet e fiquei estarrecida. Matar ou morrer virou algo banal no Rio de Janeiro. Isso tem que acabar", escreveu ela.

Além de bailarino, Rodrigo também era bartender no Bar da Laje, no Vidigal. De acordo com informações do jornal Extra, que se alinham ao tuite feito por Anitta, o jovem, de 28 anos, teria sido assassinado na comunidade em que morava e trabalhava após levar tiros e ser agredido.

"É com enorme pesar que venho informar o falecimento do meu irmão hoje pela manhã. Logo informarei o dia e horário do velório para as últimas homenagens", escreveu o irmão Márcio Motta em suas redes sociais.

A morte de Rodrigo foi comentada também pelo funkeiro MC Francês em seu Instagram.

"Meu maninho, não estou acreditando que nunca mais poderei te abraçar. Não era para ser assim. Você respirava alegria, felicidade, sempre fomos fortes e juntos no melhor e na pior. Você foi um irmão que a vida me deu de gaça. E hoje você se foi, mas o seu sorriso vai ficar em nossos corações para sempre. Ainda ontem comentou na foto que eu postei falando que me amava e nem deu tempo de eu responder antes de terem tirado sua vida. Que dor, que ódio".

Relembra a participação de Rodrigo Motta em Vai Malandra, lançado em 2017:

Funk