PUBLICIDADE
Topo

CCXP


Governo mostra que brasileiro gosta de vilão, diz Mateus Solano

Guilherme Machado

do UOL, em São Paulo

06/12/2019 15h02

Intérprete de um dos vilões mais famosos dos últimos anos, Mateus Solano, que viveu Félix em Amor à Vida (2013), tentou explicar o motivo que faz o público gostar tanto de antagonistas de novela durante um painel em homenagem aos vilões da TV na CCXP 2019.

"É só olhar para o nosso governo que a gente vê que os brasileiros gostam de um vilão. E não é de hoje", disse o ator, sendo efusivamente aplaudido pela plateia.

Já Renata Sorrah, a eterna Nazaré Tedesco de Senhora do Destino (2004), acredita que vilões acabam sendo personagens mais fortes.

"Eu acho que sempre numa trama tem os vilões e os bonzinhos. Os bonzinhos acabam sendo muito chatos, eu acho. Chatérrimos. Começou com Eva tentando Adão com a maçã", declarou ela.

"Ninguém é 100% mau ou 100% bom. A gente gosta de acompanhar, de torcer pela redenção deles", opina Alice Wegmann, a Dalila de Órfãos da Terra (2019).

Pop Drops: Sadovski desvenda as fake news do mundo geek

UOL Entretenimento

Agatha Moreira, a Josiane de A Dona do Pedaço (2019), falou sobre a repercussão que sua vilã teve nas ruas. "Eu recebi um carinho muito grande do público, isso pode ser preocupante? Pode ser! Mas as pessoas im falar comigo de uma forma muito agressiva: 'vou te bater'. Mas logo depois de uma forma carinhosa falavam: 'Estou adorando seu trabalho'", contou ela.

Mateus Solano também relembrou um episódio marcante de seu Félix: "Eu tive uma situação: quando o Félix começou a pagar [pelo que fez], eu estava gravando no ônibus, veio um pedestre e falou: 'você está pagando por tudo que você fez agora'. Eu fui para o camarim chorar copiosamente".

Renata Sorrah defendeu que é preciso fazer a história com graça, para que o ator e o personagem não virem a mesma pessoa.

CCXP