Topo

Filmes e séries


Anthony Hopkins diz que não pretende se aposentar: "Continuarei até cair"

Anthony Hopkins comparece para evento de lançamento do filme Dois Papas - Rich Polk/Getty Images
Anthony Hopkins comparece para evento de lançamento do filme Dois Papas Imagem: Rich Polk/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

21/11/2019 11h00

O ator Anthony Hopkins tem 81 anos, mas ele não quer nem saber de ouvir a palavra "aposentadoria". Em entrevista à People, o astro de Hollywood admitiu ser "workaholic".

"Eu atuo, pinto, toco música, leio bastante. Isso mantém o cérebro ativo. Eu continuarei trabalhando até cair", brincou o ator.

Hopkins, que pode ser visto como o Papa Bento XVI no filme Dois Papas, que estreia em dezembro na Netflix, disse que só desacelera por causa de sua mulher, Stella Arroyave.

"Stella é boa em me manter nos eixos. Eu gasto horas no estúdio pintando até que ela entra e diz: 'chega'. Eu não tenho muito bom senso", explicou o ator.

Stella, inclusive, está preparando um documentário sobre a vida de Hopkins, e o astro deu mais detalhes sobre o projeto.

"Um dos meus professores disse para ela que eu era um mistério (quando era mais novo). Eu não falava com outras crianças, eu não praticava esportes, eu sequer ia aos jogos da escola. Mas eu estava cansado de ser chamado de estúpido, e pensei: 'um dia eu vou mostrar para todos vocês'. Aí me tornei essa outra pessoa. Minha carreira decolou", ressaltou.

Por fim, o ator analisou o papel mais marcante de sua carreira: o serial killer Hannibal Lecter, que foi apresentado ao público pela primeira vez em 1991 em O Silêncio dos Inocentes.

"Eu tenho um instinto para esse tipo de pessoa. Eles são narcisistas. Eu não sei se isso está em mim, mas eu apenas os entendo. E eu nunca escapei daquele cara. Quando eu comecei a ler o roteiro do Silêncio dos Inocentes, eu disse para meu agente: 'isso será parte da minha vida'. Aquilo mudou tudo para mim", concluiu Hopkins.

Filmes e séries