Topo

Música


Homem é condenado após acampar fora da casa de Harry Styles e persegui-lo

Reprodução/Gucci
Imagem: Reprodução/Gucci

Do UOL, em São Paulo

21/10/2019 15h28

Pablo Tarazaga-Orero, de 26 anos, foi condenado a ficar no mínimo a 250 metros de distância de Harry Styles. O homem em questão passou meses acampado do lado de fora da casa do cantor e chegou a colocar cartas e dinheiro na caixa de correio.

O juiz Nigel Dean determinou também que Pablo não pode comparecer a qualquer show ou evento que envolva Harry Styles; ele também não poderá entrar em contato com o cantor direta ou indiretamente ou fazer publicações sobre ele nas redes sociais.

Além disso, ele terá de realizar serviço comunitário por 12 meses e cumprir 30 dias de reabilitação. Se esta sentença não for cumprida em sua totalidade, Pablo Tarazaga-Orero poderá ser preso com pena máxima de cinco anos.

Quando percebeu que o homem estava acampando perto de sua casa, Harry Styles chegou a oferecer dinheiro para que comprasse comida e buscasse um hotel. "Eu achei triste que alguém tão jovem estivesse dormindo em um ponto de ônibus, no frio", disse o cantor no tribunal.

Ele diz que, nos primeiros dias, chegou a dar sanduíches, saladas e bolinhos para o homem, mas decidiu parar de tentar ajudá-lo quando notou um comportamento que considerou estranho. Mesmo assim, Harry ainda conseguia ver Pablo circulando pela região diariamente.

"Ele perguntou se eu queria ir a um restaurante com ele. Eu disse que estava indo trabalhar, e achei estranho. A expressão facial dele me deixou desconfortável, foi um sorriso estranho. Até então, eu nunca havia me sentido inseguro ou desconfortável na minha própria casa", disse Styles.

Segundo a promotora Katy Weiss, Harry foi enfático ao dizer que deseja que Pablo receba ajuda profissional. "Eu conversei com o senhor Styles, e ele foi claro ao dizer que quer que o réu procure ajuda, mas não quer vê-lo novamente", afirmou ela.

Pablo Tarazaga-Orero alegou ao tribunal que Harry teria feito um convite para irem juntos a um hotel. "Ele disse: 'Vamos para um hotel, vamos nos divertir', ou algo assim", alegou o réu, que, agora, não poderá chegar a 250 metros de distância do ex-membro do One Direction.

Música