Topo

Filmes e séries


Estreia de A Vida Invisível é adiada para o dia 21 de novembro

Imagem do filme "A Vida Invisível", escolhido pelo Brasil para tentar vaga no Oscar - Divulgação
Imagem do filme "A Vida Invisível", escolhido pelo Brasil para tentar vaga no Oscar Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

18/10/2019 16h55

A Vida Invisível, pré-candidato brasileiro ao Oscar, teve sua estreia adiada. O filme do cineasta Karim Aïnouz chegaria aos cinemas no dia 31 de outubro, mas agora só estreará em 21 de novembro.

A mudança foi realizada por conta da agenda de divulgação do filme, que já está em campanha pela indicação ao Oscar de melhor filme internacional (anteriormente conhecido como filme estrangeiro).

"A decisão da produtora RT Features e as distribuidoras Sony Picutres e Vitrine Filmes visa ampliar a participação do diretor e do elenco nos eventos e atividades de lançamento por todo o Brasil e conciliar a agenda de Aïnouz com suas viagens internacionais na campanha pelo Oscar", informaram as empresas por meio de um comunicado oficial.

A Vida Invisível entrou em cartaz na cidade de Fortaleza, em setembro, para atender aos requisitos da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e poder representar o Brasil na premiação. Uma lista preliminar de indicados a melhor filme internacional será divulgada pela Academia até o fim deste ano. A relação final com os cinco indicados será conhecida apenas no dia 13 de janeiro.

Vencedor da Un Certain Regard, a mostra paralela mais importante de Cannes, A Vida Invisível é ambientado na cidade do Rio de Janeiro, nos anos 1950. O longa conta a história de duas mulheres: as irmãs Eurídice, interpretada pela atriz Carol Duarte, e Guida, personagem de Julia Stockler. Com sonhos diferentes para suas vidas, enfrentam todo tipo de dificuldades impostas às mulheres naquela época. A produção é baseada no romance do mesmo nome da escritora pernambucana Martha Batalha.

Filmes e séries