Topo

Geek


Mestres do Universo: Sony pode vender filme para a Netflix em jogada "segura"

Pôster do filme "Mestres do Universo" - Reprodução
Pôster do filme "Mestres do Universo" Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

09/10/2019 17h09

O filme Mestres do Universo, que já chegou a ter a produção interrompida por problemas financeiros, pode ganhar uma nova casa. Segundo o THR, a Sony Pictures está cogitando vender o projeto para a Netflix.

A jogada seria inteligente para que a Sony não sofresse um forte golpe. Com o filme entrando direto no streaming, não há com que se preocupar com bilheteria e fracassos no cinema. Os estúdios estão analisando as possibilidades de um acordo.

Uma fonte disse ao site que as negociações estão no começo ainda, mas, caso dê certo a negociação, a Sony seria o segundo estúdio depois da Paramount a fazer filmes com exclusividade para a Netflix.

Noah Centineo (Para Todos os Garotos que Já Amei e O Date Perfeito) está escalado para viver He-Man na adaptação, e recentemente postou no Instagram uma foto com a barba descolorida — uma sugestão de que ele já estaria se preparando para o papel.

Dis me, trying not to laugh, then failing... miserably

Uma publicação compartilhada por Noah (@ncentineo) em

Criado originalmente para uma linha de brinquedos que depois se tornou uma série de animação clássica, Mestres do Universo ganhou os cinemas em 1987, contando a história de príncipe guerreiro Adam (Dolph Lundgren), que vira o poderoso He-Man para enfrentar o malvado Esqueleto (Frank Langella).

Enquanto o projeto do remake circula por Hollywood há anos, sem sair do papel, outra personagem de Mestres do Universo foi resgatada na TV: "She-Ra", que ganhou uma série animada de sucesso na Netflix.

Mais Geek