Topo

Geek


Robert Downey Jr. quebra silêncio e reage à crítica de Scorsese sobre os filmes Marvel

O ator Robert Downey Jr. como Tony Stark, o Homem de Ferro - Reprodução
O ator Robert Downey Jr. como Tony Stark, o Homem de Ferro Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

08/10/2019 10h24

O ator norte-americano Robert Downey Jr., que interpreta o Homem de Ferro no Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), rebateu as críticas feitas pelo cineasta Martin Scorsese sobre os filmes da franquia de super-heróis.

"Vou te dizer a verdade", ele disse no programa de rádio de Howard Stern, em Nova York. "Eu não esperava que isso [filmes do universo Marvel, como Homem de Ferro] virasse o que virou, e isso é muito grande, uma Hydra de várias cabeças nesse momento. Eu sempre tive outros interesses, e segundo Scorsese, não é cinema. Então, eu tenho que dar uma olhada nisso, sabe?".

No começo de outubro, Scorsese fez uma declaração crítica sobre os filmes da Marvel, durante o lançamento de seu mais novo trabalho, "O Irlandês". O cineasta considerou que os longas sobre super-heróis "não são cinema", apesar de seu enorme sucesso de bilheteria.

"Eu não vejo (os filmes). Eu tentei, sabe? Mas aquilo não é cinema. Honestamente, o mais próximo que consigo pensar deles, por mais bem feitos que sejam, com os atores fazendo o melhor que podem sob as circunstâncias, são os parques temáticos. Não é o cinema de seres humanos tentando transmitir experiências emocionais e psicológicas a outro ser humano", afirmou o diretor.

Ao ser questionado sobre a declaração de Scorsese, Downey Jr. respondeu: "É a opinião dele. Quero dizer, isso (os filmes da Marvel) passa nos cinemas. Eu aprecio sua opinião, porque eu acho que é como qualquer coisa. Nós precisamos de todas as diferentes perspectivas para podermos chegar ao centro e seguir adiante."

Sobre a possibilidade de Scorsese ter ficado enciumado com a lucratividade gerada pelo universo dos super-heróis, o ator afirmou: "Claro que não, ele é Martin Scorsese. Aliás, há muito a dizer sobre como esses filmes de gênero — e eu fiquei feliz em fazer parte do problema, se é que existe um — depreciaram a forma de arte do cinema. Quando você chega como uma fera e elimina a competição de uma forma tão significativa, é fenomenal."

As informações são do site Comic Book.

Geek