Topo

Pop


Mariah Carey anuncia livro de memórias e relembra "humilhações públicas"

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

08/10/2019 11h21

A cantora Mariah Carey está preparando seu livro de memórias, e promete que vai trazer muitas revelações de seu passado em suas páginas. A norte-americana é capa da revista Variety, como a estrela principal de uma edição dedicada ao "poder da mulher".

Sobre a história de sua vida, ela diz: "Nascida de um pai preto e uma mãe branca. Vivi de forma humilde. Me levantei passando por isso. Altos e baixos, isso e aquilo. E humilhação público e passar pelo escrutínio das pessoas. Mas então tive o momento de The Emancipation of Mimi...". Ela se refere à época em que se divorciou de Tommy Mottola. "Você tem de saborear os momentos, estar às voltas com quem liga para você e jogar para longe o nonsense".

Como a revista é sobre mulheres poderosas, a cantora - uma das mais premiadas da história da música - também fala sobre seu projeto para trabalhar com crianças carente, o Camp Mariah. "É uma das coisas que fiz na minha vida que me faz me sentir bem, porque tem impacto direto em crianças que não teriam outras opções".

A criação do projeto foi em 1994. A cada verão, 250 crianças passam três semanas tendo aulas e atividades envolvendo cinema, fotografia e debates, o que continua após voltarem para suas casas, podendo ser ampliado para cursos profissionalizantes.

"É revigorante alguém chegar e contar sua história, do tipo, 'Eu não poderia ter sido a pessoa que sou hoje sem o Camp Mariah. É algo grande, é como alguém chegar e dizer: 'Eu não seria quem sou sem sua música'. Não há nada melhor que isso", concluiu ela.

Outras edições da capa trazem Chaka Khan, Jennifer Aniston, Brie Larson e Dana Walden. Mariah postou no Instagram as capas. "Orgulhosa de estar na companhia de mulheres tão poderosas e lindas."

Mais Pop