Topo

Música


Elza Soares lança Planeta Fome, com inéditas, releituras e capa de Laerte; ouça

Elza Soares - Reprodução/Facebook
Elza Soares Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

13/09/2019 08h47

Depois da enxurrada de elogios para os discos Mulher do Fim do Mundo (2015) e Deus é Mulher (2018), Elza Soares lançou hoje seu mais novo álbum: Planeta Fome. Com capa de Laerte Coutinho, a cantora de 82 anos traz uma mescla de releituras e inéditas no trabalho, com composições de gente como Russo Passapusso e Paulo Miklos.

Brasis é um dos casos de releitura, com uma música que originalmente é assinada por Seu Jorge, Gabriel Moura e Jovi Joviniano, assim como duas de Gonzaguinha - Comportamento Geral e Pequena Memória para um Tempo sem Memória - e uma de Caio Prado, com Não Recomendado.

Entre as inéditas, há canções de Pedro Luis, Rafael Mike, Pedro Loureiro/Luciano Mello, Russo Passapusso (do BaianaSystem), Paulo Miklos e Sérgio Britto.

"Planeta Fome", diz a cantora, traz várias histórias dentro de sua própria história, com direito a composição da própria Elza, "Menino". "Compus essa música anos atrás quando vi uma garotada brigando, um menino brigando com o outro. Percebia que daquele jeito não daria certo, que precisavam respeitar o outro desde cedo para serem adultos melhores", comentou ela. "Aí, quando gravei Brasis nesse disco que o repertório é tão meu, tão pessoal, tive a ideia de registrar Menino."

A capa de Laerte mostra a visão da cartunista do que é um planeta com tantas fomes.

Acabou de nascer! #planetafome

Uma publicação compartilhada por Elza Soares (@elzasoaresoficial) em

Música