Topo

Geek


Batman peladão e pacto com diabo: As HQs que iriam irritar o prefeito Crivella

Vingadores - A Cruzada das Crianças - Divulgação/Marvel Comics
Vingadores - A Cruzada das Crianças Imagem: Divulgação/Marvel Comics

Osmar Portilho

Do UOL, em São Paulo

06/09/2019 13h17

O prefeito do Rio de Janeiro Marcello Crivella determinou que o livro Vingadores A Cruzada das Crianças fosse recolhido da Bienal. Ele justificou que o conteúdo fosse impróprio para menores por mostrar super-heróis gays. Em vez dos livros serem retirados da mostra, eles se esgotaram.

E é um engano muito grave quem enxerga as histórias em quadrinhos somente como conteúdo infantil. Não é de hoje que as graphic novels usam suas páginas para falar sobre sexualidade, violência e temas considerados espinhosos para muitos.

Relembramos aqui alguns quadrinhos que certamente tiram irritado Crivella também.

Santa Nudez, Batman!

Batman aparece nu  "Batman: Damned" - Reprodução/Screenrant
Batman aparece nu "Batman: Damned"
Imagem: Reprodução/Screenrant

Essa é recente. No ano passado foi lançado Batman: Damned, parte de um novo selo da DC, intitulado Black Label, que aborda temas mais maduros usando personagens clássicos da editora. Para abrir esse novo filão, o roteirista Brian Azzarello e o ilustrador Lee Bermejo decidiram que mostrar a nudez de Bruce Wayne seria uma boa maneira de chamar a atenção do público. A cena de nudez, no entanto, não acontece da mesma forma nas edições física e na digital dos quadrinhos. Para esta última, a DC obscureceu um pouco os desenhos, de forma que ficasse impossível ver as partes íntimas do herói.

O filho do demônio

Reprodução
Imagem: Reprodução

Para salvar a vida de seu pai, Johnny Blaze fez um pacto com o demônio, mais tarde revelado como Mephisto, e lhe entregou sua alma. Além do pacto em si, Motoqueiro Fantasma sempre traz temas pesados e muitas maldições. Quando está sob pressão, Blaze vê sua própria carne ser consumida pelo fogo dos infernos revelando sem esqueleto em chamas.

Mais um ligado ao capeta

Reprodução
Imagem: Reprodução

Criado por Todd McFarlane, Spawn mostra a história de um agende da CIA chamado Al Simmon. Ao ser morto em uma emboscada, ele vai direto para o inferno e negocia sua volta em busca de vingança. O universo de Spawn aborda inúmeros temas ligados ao céu, inferno, bruxaria e claro, muita, mas muita violência.

Tem medo do bicho papão?

Reprodução
Imagem: Reprodução

Uma das séries mais icônicas das HQs, a obra de Neil Gaiman rompeu barreiras no segmento ao tratar de mitologia e fantasia sombria em suas narrativas. Fenômeno da cultura pop, as histórias falam de elementos históricos, mas com muitos elementos de mística, magia e ocultismo.

Olha outro beijo gay aí!

Reprodução
Imagem: Reprodução

Em Earth 2, Alan Scott, o Lanterna Verde, deu um beijaço em seu namorado. "O Lanterna Verde continuará sendo o personagem que conhecemos, fazendo parte da Liga da Justiça, mas como gay", disse o escritor da HQ, James Robinson.

Tem beijo da Batwoman também!

Reprodução
Imagem: Reprodução

Esse aí rolou em 2006, na edição 52 da Detective Comics. Kate Kane se casou com a policial Maggie Sawyer. Olha o beijão aí.

Para finalizar...Mais um beijo gay!

Reprodução
Imagem: Reprodução

Esse aí rolou entre Hércules e Wolverine. Os dois heróis da Marvel se envolveram romanticamente na décima edição de X-Treme X-Men. O beijo aconteceu em um universo paralelo onde Logan é James Howlett.