Topo

Pop


Novo disco de Taylor Swift traz indiretas a Kanye West, DiCaprio e Drake; entenda

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

23/08/2019 19h49

Taylor Swift é famosa pelos hits, pelas polêmicas e também pelo costume de fazer de sua música uma espécie de diário aberto, onde se sente livre para desabafar sobre situações da vida e carreira. Seu novo álbum, Lover, lançado hoje, não é diferente.

Ao longo do disco, a estrela detalha o atual relacionamento com o ator britânico Joe Alwyn, relembra sua famosa pecha com o rapper Kanye West, além de alfinetar figuras como Leonardo DiCaprio e se mirar em Drake --para bater em West.

De olho na repercussão, vários jornais, revistas e sites americanos compilaram essas "indiretas" e, juntos dos fãs, tentaram explicar o motivo e o contexto de cada uma delas, mesmo quando elas aparecem explícitas, mais fortes que meras provocações.

Veja abaixo o que estão falando sobre as citações do álbum Lover.

I Forgot That You Existed

A única música referente à rivalidade de Taylor Swift com Kanye West é justamente a que abre o disco. O rapper, sua mulher Kim Kardashian e também amigos e fãs que a abandonaram durante e após à polêmica são alvo na letra e que ela "esqueceu que existiam".

O contexto: em 2009, quando subiu ao palco para ser premiada no VMA (MTV Video Music Awards), a cantora a cantora foi interrompida no palco por Kanye West, dizendo que o troféu deveria ser concedido a Beyoncé.

"Quantos dias passei pensando em como você foi injusto comigo? / Vivi na sombra que você estava jogando até que toda a minha luz se foi", apregoa Taylor Swift. Outro rapper, Drake, que também já se desentendeu com West, é citado em outro trecho da letra, mas em tom de exemplo/admiração. "Nos meus sentimentos, mais como o Drake, bem mais", canta.

Há fãs, no entanto, interpretando os versos como um recado duplo, também direcionado ao DJ Calvin Harris, ex de Swift. A separação conturbada do casal em 2016 pode ter servido de inspiração para trechos como "não é amor, não é ódio, é apenas indiferença".

Lover

A faixa-título vem sendo interpretada como uma homenagem ao atual namorado da cantora, Joe Alwyn, que também teria inspirado faixas como "I Think He Knows" e "Paper Rings". Não por acaso ela escolheu o título Lover. O ator é tema central no disco.

"Eu te amei em três verões agora, querido, mas eu quero todos eles", canta Taylor. O casal engatou relacionamento sem alarde após se conhecer no baile Met Gala em 2016. "Meu coração esteve emprestado e o seu esteve triste, mas tudo acaba bem quando eu acabo com você."

Mas há controvérsias. Para alguns fãs, a letra tem trecho que guarda relação com a faixa New Year's Day, de 2017, em que ela canta "Eu quero suas meia-noites, mas vou limpar garrafas com você no dia de Ano Novo". Especulações levam a crer quer que ela poderia estar se referindo ao ex Harry Styles.

The Man

Na quarta faixa de Lover, Taylor brinca ao se imaginar como uma artista do sexo masculino. E isso inclui uma citação a Leonardo DiCaprio, que costuma ser fotografado curtindo as férias nas praias de Saint-Tropez, sul da França ---não raro acompanhado de belas e jovens modelos. "E eles brindariam comigo: "Deixe os jogadores jogarem" / Eu seria como Leo em Saint-Tropez", versa a letra.

Mas DiCaprio não é o alvo. A música é, possivelmente, uma provocação ao ex-empresário Scooter Braun, que este ano adquiriu direitos sobre os primeiros álbuns da cantora, após comprar a gravadora Big Machine por cerca de US$ 300 milhões. Taylor já demonstrou seu descontentamento com a situação e declarou que jamais aprovou o comportamento de Braun ao longo dos anos, de quem afirma ter sofrido bullying.

A cantora pop norte-americana Taylor Swift inicia a era "Lover" no primeiro lugar da lista Forbes Celebrity 100 - Kevin Mazur/GettyImages
A cantora pop norte-americana Taylor Swift inicia a era "Lover" no primeiro lugar da lista Forbes Celebrity 100
Imagem: Kevin Mazur/GettyImages

div>

Miss Americana & The Heartbreak Prince

Em 2016, mesmo tendo votado em Hillary Clinton, Taylor Swift foi criticada por opositores de Donald Trump por ter mantido postura neutra na eleição que elegeu o republicano. Esta faixa parece ser uma resposta. "Eles sussurram no corredor: 'Ela é uma garota má e má', canta ela.

Falando de política, a letra toca no sentimento de se viver nos Estados Unidos de hoje. Ela afirma que "a glória americana desapareceu diante de mim" e que há "histórias americanas queimando diante de mim". Trechos como "Meninos serão meninos. Onde estão os homens sábios? Querido, estou com medo" soam como crítica à administração de Trump.

Joe Alwyn e Taylor Swift - Getty Images
Joe Alwyn e Taylor Swift
Imagem: Getty Images

Cornelia Street

Mais Joe Alwyn. O título da música foi tirado da rua onde Taylor alugou uma casa para morar em 2016, enquanto a sua estava sendo reformada. Foi bem nessa época que ela conheceu o atual namorado. "Espero nunca te perder, espero que nunca termine / nunca mais andarei pela Rua Cornelia", canta a estrela, demonstrando carinho e a insegurança que sentiu ao começar uma nova fase na vida.

Daylight

Relacionamentos do passado que trouxeram marcas vêm à baila. "A sorte do empate só atrai os azarados, e então me tornei alvo da piada / Machuquei os bons e confiei nos maus", admite Swift. No refrão, ela dispara: "Não quero ver mais nada agora que eu enxerguei você / Não quero pensar em mais nada agora que pensei em você", dando a entender que Joe Alwyn é a pessoa certa que apareceu no momento certo.

Pop