Topo

Música


Taylor Swift critica autoritarismo de Donald Trump: 'Somos uma democracia'

Taylor Swift não costuma comentar sobre política - Reprodução/Instagram
Taylor Swift não costuma comentar sobre política Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

23/08/2019 10h27

A cantora Taylor Swift criticou a postura autoritária do presidente norte-americano, Donald Trump. Em entrevista ao jornal britânico "The Guardian", a popstar afirmou que Trump pensa que os Estados Unidos são uma autocracia.

"Nós somos uma democracia --ou pelo menos deveríamos ser--, na qual é permitido discordar, divergir e debater. Eu acho que ele [Trump] pensa que isto é uma autocracia", disse ela.

De acordo com a popstar, a atmosfera nos Estados Unidos está muito pesada, com as pessoas dizendo: "se você odeia o presidente, você odeia a América". Por causa disso, ela se diz desiludida com os valores atuais de seu país.

A cantora não costuma falar muito sobre política. Nas eleições de 2016, que elegeram Trump presidente, Swift não apoiou publicamente nenhum candidato, o que gerou críticas por parte de alguns fãs que queriam que ela se posicionasse.

Ao "Guardian", ela afirmou que passava por um período conturbado naquele ano e que, por isso, decidiu não se manifestar em favor de ninguém. "Eu estava tentando proteger minha saúde mental, sem ler muito o noticiário, revelar o meu voto ou dizer às pessoas em quem votar. Eu sabia com o que eu poderia lidar e com o que eu não poderia. Eu estava, literalmente, a ponto de surtar."

Agora, a cantora diz que sente certo remorso por não ter se posicionado naquelas eleições e declarou que deveria ter apoiado a adversária de Trump na disputa presidencial, Hillary Clinton.